TROFÉU MUCURIPE

27º Cine Ceará anuncia hoje vencedores do troféu Mucuripe

Festival termina hoje com anúncio dos premiados nas mostras competitivas de longas e curtas-metragem. Troféu Samburá, concedido pela FDR, também será entregue na solenidade

Aurélio Alves/Especial para O POVO
Cine Ceará começou no último dia 5 e anuncia hoje vencedores das categorias de longas e curtas-metragem

Após seis dias de ampla programação que contou com exibição de sete longas em competição, mostras de curtas, sessões especiais, seminários, lançamentos de livros e uma série de eventos paralelos, chega ao fim, hoje, o 27º Cine Ceará - Festival Ibero-Americano de Cinema. A cerimônia de encerramento, na qual serão revelados os premiados nas principais categorias e nos troféus paralelos, acontece a partir das 19h30min no Cineteatro São Luiz. A noite de hoje contará ainda com a exibição do documentário chileno O botão de pérola, de Patricio Guzmán, e do curta A lagoa, orientado pelo animador Telmo Carvalho. Os convites para o evento podem ser retirados na bilheteria do cinema.

O festival começou no último sábado, 5, com a exibição do longa chileno Uma Mulher Fantástica, de Sebastián Lelio. O Chile, inclusive, foi o país homenageado nesta edição, que contou com uma mostra especial da produção audiovisual do país. Além do filme de Lelio, também estão na competição principal os longas Malasartes e o Duelo com a Morte (Brasil), de Paulo Morelli, Ninguém Está Olhando (Argentina), de Julia Solomonoff, Santa e Andrés (Cuba), de Carlos Lechuga, Pedro Sob a Cama (Brasil), de Paulo Pons, O homem que cuida (República Dominicana), de Alejandro Andújar, e Últimos Dias em Havana (Cuba), de Fernando Pérez.

O júri da mostra de longas é formado pelo jornalista chileno Ernesto Garratt Viñes, a produtora e diretora costa-riquenha Isabel Martínez, o professor peruano Luis Peirano, a professora brasileira Maria Dora Mourão e o engenheiro de som venezuelano Victor Luckert Barela. Nesta noite, os jurados entregarão os troféus Mucuripe nas categorias de Melhor Filme, Direção, Fotografia, Edição, Roteiro, Som, Trilha Sonora Original, Direção de Arte, Ator e Atriz.

Já a mostra brasileira de curtas tem júri composto por Alessandra Bergamaschi (realizadora), André Parente (professor da Universidade Federal do Rio de Janeiro), Benito Amaro (técnico de som direto cubano), Osmar Gonçalves (professor da Universidade Federal do Ceará) e Vera Zaverucha (especialista em legislação de cinema e ex-diretora da Agência Nacional de Cinema). Os 14 curtas selecionados - entre eles, cinco cearenses - disputarão os prêmios de Melhor Curta, Melhor Direção, Melhor Roteiro, Melhor Produção Cearense e Prêmio da Crítica.

Os trabalhos da mostra também irão concorrer às duas categorias do Prêmio Samburá de Cinema (Melhor Filme e Melhor Diretor), concedido pela Fundação Demócrito Rocha (FDR) e pelo Vida & Arte. A comissão julgadora do troféu, cuja estatueta foi criada pelo artista plástico Descartes Gadelha, é formada pelos jornalistas do O POVO André Bloc (presidente do júri), Regina Ribeiro (FDR) e Rubens Rodrigues (O POVO Online), além do produtor e realizador Allan Deberton e da roteirista Janaína Marques. “É muito oportuno que o Prêmio Samburá seja retomado justo em um ano em que a curadoria de curtas brasileiros está bem forte. Todos se comunicam de uma forma única. A gente teve uma oportunidade de fazer uma escolha ao mesmo tempo difícil e divertida”, afirma Bloc.


SERVIÇO


Encerramento do 27º Cine Ceará.

Quando: hoje, às 19h30min
Onde: Cineteatro São Luiz (rua Major Facundo, 500 - Centro) Entrada franca - convites disponíveis na bilheteria. Distribuição sujeita à lotação do espaço www.cineceara.com