REPERCUSSÃO MUNDIAL

Ator que interpretou Hawking no cinema presta homenagens ao cientista

A primeira-ministra britânica Theresa May e a Nasa também falaram sobre a morte de Stephen Hawking

AFP/Justin Tallis
Eddie Redmayne

Diversos cientistas e personalidades de todo o mundo lamentaram a morte do físico Stephen Hawking nesta quarta-feira, 14. As descobertas científicas não foram as únicas a serem lembradas. Muitos que conheceram Hawking também falaram sobre como o estudioso via o mundo, sobre seu caráter e modo de viver. Confira algumas das homenagens:

O ator que interpretou Hawking no cinema prestou suas homenagens ao cientista falando que o mundo perdeu um cientista brilhante. Eddie, que ganhou um Oscar de Melhor Ator pela sua performance em “A Teoria de Tudo”, filme que conta a história do físico, descreveu a mente de Stephen como “bonita”. Ele conta que Hawking era engraçado e que teve prazer em conhecê-lo.

Nasa

No perfil do Twitter oficial, a agência americana expressou que as teorias de Hawking destravaram um universo de possibilidades que a Nasa e o mundo inteiro continuam a explorar. Também foi lembrada a visita que o cientista fez à Estação Espacial em 2014, quando participou de um experimento com microgravidade. “Que você continue voando como o superman, como você disse aos astronautas na Space Station”.

Theresa May

A primeira-ministra do Reino Unido também foi ao Twitter falar sobre a morte de Stephen. “Professor Hawking tinha uma mente brilhante e extraordinária, um dos maiores cientistas de sua geração”. Além de feitos da profissão, ela falou sobre o humor, coragem e determinação do homem para conseguir curtir a vida ao máximo. “Seu legado não será esquecido”.

Cambridge

A Universidade de Cambridge, onde Hawking fez doutorado em Cosmologia e lecionou, enalteceu a didática do professor em uma nota pública. O livro “Uma Breve História do Tempo”, escrito pelo cientista, conseguiu falar sobre assuntos complexos do ramo que estudava de forma clara e esmiuçada. Por isso, o livro alcançou uma grande audiência, tanto de pesquisadores quanto de leigos. “Olhe para as estrelas e não para seus pés”, foi a frase de Hawking compartilhada pela universidade

Tim Peake

Primeiro astronauta britânico a estar em uma estação espacial internacional, Tim Peake afirmou que Hawking era uma inspiração. “Ele inspirou gerações a olhar além do nosso planeta azul e expandir nosso entendimento do universo”. Ele presta condolências a família do cientista e diz que sua personalidade e genialidade farão falta.

Tim Berners-Lee

O inventor da World Wide Web - a rede mundial de computadores - também se pronunciou sobre a morte de Stephen. “Perdemos uma mente colossal e um espírito maravilhoso”.

Martin Rees

O professor de Cosmologia e Astrofísica da Universidade de Cambridge, contemporâneo de Hawking, fez uma emocionante homenagem ao cientista. Ele contou desde quando conheceu Stephen na faculdade, em 1964. Ele tinha acabado de ser diagnosticado com a doença degenerativa Esclerose Lateral Amiotrófica (ELA). Martin Rees conta que as expectativas de Hawking para a vida foram zeradas quando descobriu que talvez só viveria mais dois anos. O professor e astrólogo conta que os feitos de Hawking serão lembrados para sempre na ciência e sua força de vontade também.  (O Povo - é parceiro de oxereta.com)