CAMPEONATO CEARENSE

Em jogo emocionante, Ceará e Iguatu fazem empate de seis gols

Campeonato Cearense com viradas e gols no fim, Ceará e Iguatu ficam no empate em 3 a 3 em jogo emocionante no Castelão

Julio Caesar - O Povo
Em jogo emocionante, Ceará e Iguatu fazem empate de seis gols

Seis gols, viradas, alternância de domínios, expulsões e emoção até o último minuto. Esses são alguns dos elementos presentes no empate em 3 a 3 entre Ceará e Iguatu, ontem, no Castelão, pelo Campeonato Cearense.

O torcedor alvinegro ainda comemorava o gol de Patrick aos 45 minutos do 2º tempo, dando vitória ao Vovô, mas viu Albano empatar quatro minutos depois e selar o placar final.

Jogando em casa com apoio do torcedor, o Ceará tomou as iniciativas da partida. Não contava, porém, com um Iguatu tão bem organizado defensivamente e que, apesar da proposta mais defensiva, não abriu mão de atacar. Prova disso é que abriu o placar logo aos 4 minutos.

Em desvantagem, o Ceará passou a pressionar em busca do empate. O Alvinegro teve mais posse de bola e volume de jogo, mas com Roberto, Luidy e Rafinha no ataque, faltava profundidade. Sem nenhuma referência, o Vovô esteve muito distante do gol adversário. Faltavam mobilidade e infiltrações.

O Ceará só conseguiu o empate em jogada de bola parada, com Rafael Pereira. Leandro Silva tentou desviar e “roubar” o gol ao sair comemorando, mas o lateral nem encostou na bola.

Só que a estrela de Otacílio Marcos brilhou novamente. Aos 40 minutos, o camisa 9 marcou seu 8º gol no Estadual e colocou o Iguatu novamente na frente. Ele é o vice-artilheiro do certame, empatado com Édson Cariús (Floresta) e atrás apenas de Gustavo (Fortaleza), que tem 12 gols.

Para o segundo tempo, Chamusca voltou com Arthur no lugar de Rafinha. Mas nem deu tempo de o camisa 40 mostrar serviço. Aos 8 minutos, ele foi expulso por ter empurrado Caio Acaraú, que chutou a bola no rosto do atacante alvinegro quando ele estava caído e também foi expulso.

Com um a menos de cada lado e mais espaços no campo, o Ceará foi quem se deu melhor. Aos 22 minutos, Leandro Canhoto deu ótimo passe para Roberto empatar.

A partir de então o duelo ficou equilibrado, com chances para os dois lados. O goleiro Gleibson, do Iguatu, se transformava no personagem do jogo com ótimas defesas, evitando a virada alvinegra. Só que ele não conseguiu parar o zagueiro Patrick, que marcou aos 45 minutos do 2º tempo.

Dois minutos depois, o Vovô teve a chance de matar o jogo. Raul saiu de cara com o goleiro Gleibson e era só tocar para Pio, que estava com o gol escancarado para marcar. Mas o volante preferiu chutar e Gleibson defendeu.

Aos 49 minutos, Raul viu seu time ser castigado. Após cobrança de escanteio, Albano subiu mais que todo mundo e aproveitou que Fernando Henrique saiu mal do gol para dar números finais ao ótimo jogo no Castelão.  (O Povo - é parceiro de oxereta.com)


FICHA TÉCNICA


CAMPEONATO CEARENSE

Ceará

4-3-3: Everson; Leandro Silva, Rafael Pereira, Patrick e Romário; Raul, Ernandes e Leandro Canhoto (Pio); Roberto, Luidy (Andrigo) e Rafinha (Arthur) Técnico: Marcelo Chamusca

Iguatu

4-4-2: Gleibson; Ceará, Luís Fernando, Albano e Elvis; Caio Acaraú, Dedê, Elanardo e Paulinho; Testinha e Otacílio Marcos Técnico:Roberto Carlos Gols: 4min/1T - Otacílio Marcos recebe passe em velocidade e toca por baixo de Fernando Henrique.28min/1T - Luidy cobra escanteio e Rafael Pereira cabeceia para empatar. 38min/1T - Otacílio Marcos arrancou no meio de três defensores e finalizou com categoria no canto. 22min/2T - Leandro Canhoto dá ótimo passe para Roberto empatar, de esquerda. 45min/2T - Pio cobra escanteio e Patrick, de primeira, manda pro gol. 49min/2T - Albano aproveita cobrança de escanteio e cabeceia para empatar. Local: Arena Castelão Árbitro: Edson Galvão da Silva Assistentes: Armando Lopes de Sousa e Franco Weber Cartões Amarelos: Patrick (C), Pio (C), L. Silva (C), Raul (C), Edivan (I), Testinha (I), L. Fernando (I) Cartões Vermelhos: Arthur (C) e Caio Acaraú (I) Público: 2.476 pagantes Renda: R$ 5.468