CRUELDADE COM ANIMAL

Homens presos por enterrar cachorro filhote vivo são liberados logo depois

O filhote foi levado a clínica veterinária. Os homens foram liberados após assinarem termo circunstanciado

Polícia Militar do Distrito Federal/Divulgação
Cachorrinho sendo amparado

Dois homens foram presos foram presos, na manhã deste sábado, no Guará, no Distrito Federal, após serem flagrados enterrando um cachorro filhote vivo. Eles foram detidos por crueldade com animais. A informação é da Polícia Militar do Distrito Federal.

O filhote foi levado a clínica veterinária no Lago Sul. Os homens foram encaminhados à 1ª Delegacia, na Asa Sul, e acabaram liberados após assinarem termo circunstanciado, segundo informou o G1.

Policiais identificaram os dois homens no que consideraram atitude suspeita. Na abordagem, estranharam a terra remexida no local e perguntaram do que se tratava. Os homens, segundo a Polícia, disseram ter enterrado cachorro morto. Desconfiados, os policiais pediram que o animal foram desenterrado. Foi quando constataram que o animal estava vivo e com sinais de maus-tratos. Equipe do Batalhão Ambiental foi acionada. (O Povo - é parceiro de oxereta.com)