NOVO GOLPE NO WHATSAPP

Novo golpe no WhatsApp promete 20GB de internet grátis

Reprodução
Novo golpe no WhatsApp promete 20GB de internet grátis

A PSafe, empresa brasileira especializada em aplicativos para celulares, descobriu um novo golpe divulgado pelo WhatsApp. Um vírus está sendo espalhado por meio de link que promete aos usuários 20GB de internet grátis. De acordo com o laboratório especializado em cibersegurança da startup, só na primeira hora após o início da aplicação do golpe, 2,6 mil usuários do aplicativo de antivírus da empresa foram vítimas da fraude. O número total de pessoas atingidas é desconhecido pela PSafe. As informações são do site Tecmundo.

A mensagem divulgada no WhatsApp por meio das famosas “correntes” promete internet grátis aos usuários independente da operadora, por até 60 dias. De acordo com o site Olhar Digital, ao clicar no link disponibilizado, a vítima é redirecionada a uma plataforma na qual deve responder perguntas sobre quantos dias de internet, quantos GB e qual rede a pessoa deseja receber e ativar. Ao final do processo, o usuário ainda é instruído a compartilhar o link com pelo menos três amigos no WhatsApp e grupos na rede social, a partir da justificativa de que a ação é necessária para efetivar o recebimento do pacote. Dessa forma, a divulgação do golpe é garantida. Após o compartilhamento, no entanto, a vítima se vê em uma página alertando para problemas no celular e orientando o download de aplicativos suspeitos.

Esse tipo de fraude é conhecida no meio tecnológico como “phising”, pescaria em inglês. O nome se dá por causa da característica do golpe de “fisgar” a vítima para um link corrompido por meio de uma falsa oferta atrativa. Assim, o usuário pode acabar tendo o celular infectado por vírus ou compartilhar dados pessoais com cibercriminosos. Devido à numerosa parcela da população que se conecta à internet por meio de smartphones – 69% de acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) – a prática do phishing é considerada um dos métodos de ataque cibernético mais antigos. (O Povo - é parceiro de oxereta.com)