CEARÁ

Everson pediu para ser negociado com o Santos; goleiro Richard cotado para o Alvinegro

Mateus Dantas/O POVO
Everson pediu para ser negociado com o Santos; goleiro Richard cotado para o Alvinegro

O assédio sobre Everson – primeiro do Grêmio e agora de maneira mais incisiva do Santos em função do desejo do técnico Sampaoli – tem naturalmente mexido com o goleiro. O Blog apurou que nas reuniões recentes, o jogador, principal ídolo da torcida do elenco e que sempre teve comportamento exemplar desde que foi contratado, pediu claramente para ser negociado. Argumentos não faltam ao goleiro, que vai ganhar um salário bem maior, além de ter mais visibilidade.

A diretoria quer a multa integral de R$ 6 milhões e faz muito bem em assim exigir. Não é um valor exorbitante e ainda que seja parcelado – com garantias – o clube aceita vender, até porque existe um incômodo real de se ficar com um atleta insatisfeito, algo que sempre é prejudicial.

Na negociação com o Santos, um outro bom goleiro – com capacidade para assumir a vaga de titular imediatamente – pode aparecer no Ceará. É Richard, atualmente no Paraná, apuração do repórter Brenno Rebouças, do O POVO. Curiosamente, o jogador de 27 anos é amigo de Everson dos tempos da base do São Paulo, ambos reservas de Rogério Ceni. O Paraná tem uma dívida com o Santos e o clube do litoral paulista, para abrir ainda mais caminho para a chegada do goleiro do Ceará, intermediaria a vinda de Richard, sem custo, numa única negociação. (O Povo - é parceiro de oxereta.com)