R$ 194 MILHÕES

Governo extingue 21 mil cargos comissionados

 O presidente Jair Bolsonaro, editou decreto que extingue 21 mil cargos, funções de confiança e gratificações no Executivo federal. A medida deve gerar uma economia anual de R$ 194,9 milhões, segundo cálculos do governo. O ato, publicado no Diário Oficial de ontem, traz os quantitativos de cada vaga extinta, com os impactos orçamentários, sem especificar os respectivos ministérios e órgãos que serão atingidos. De imediato, serão extintos 5.100 postos e 1.487 gratificações. Os cortes restantes serão feitos no fim dos meses de abril e de julho deste ano. Atualmente, são cerca de 130 mil cargos comissionados no Governo Federal (ocupados, temporariamente, por profissionais que não fazem parte dos quadros efetivos da administração pública) e gratificados (quando algum servidor efetivo é deslocado para uma outra função com ganho extra no salário, uma gratificação). (Agência Estado)