MANIFESTAÇÕES

Série de atos vai homenagear Marielle e Anderson um ano após o crime

Fernando Frazão/Agência Brasil
 Marielle Franco e Anderson Gomes foram assassinados na noite do dia 14 de março de 2018

Uma série de atos em homenagem à vereadora Marielle Franco (PSOL-RJ) e ao motorista Anderson Pedro Gomes são organizados para esta quinta-feira no Rio de Janeiro e várias outras cidades do País e do exterior. Hoje o assassinato completa um ano e as manifestações querem cobrar por justiça. O conjunto de protestos denominado "Amanhecer por Marielle e Anderson" ocorrerá em mais de 20 pontos do Rio e deve contar com atos em outros estados e em cidades da América do Sul, Estados Unidos, Canadá, Austrália e Europa.

Em Fortaleza, o ato está marcado para as 6 horas, na Praça Murilo Borges, em frente à sede da Justiça Federal. Às 17 horas, na Praça da Gentilândia, está marcado o "Ato Cultural Marielle Semente".

Marielle e Anderson foram assassinados na noite de 14 de março de 2018 quando retornavam de ato político, no centro do Rio. A vereadora foi alvejada na cabeça e o motorista morreu com disparos pelas costas.

Na última terça-feira, 12, uma operação da Polícia Civil e do Ministério Público prendeu dois suspeitos de terem efetuados os disparos: Ronnie Lessa, sargento reformado da Polícia Militar, e Elcio Vieira, ex-policial que foi expulso da corporação.

Chefe das investigações, o delegado Giniton Lages deixará a apuração do crime — que ainda deverá esclarecer motivos e se houve mandantes. O governador Wilson Witzel (PSC) informou ontem que Lages fará um intercâmbio de quatro meses na Itália. Durante a investigação, Lages foi acusado de pressionar suspeitos a confessar participação no crime. A suspeita levou a Procuradoria-Geral da República a abrir um inquérito federal.

Os advogados que atuam na defesa de Ronnie Lessa e Élcio Vieira de Queiroz negaram ontem que seus clientes possam fazer delação premiada. Fernando Santana, advogado de Lessa, disse que seu cliente "não tinha ouvido falar da vereadora e nunca pesquisou sobre ela". (com agências)