DICAS

Saiba a melhor maneira de conservar bebidas geladas nas festas de Pré-Carnaval

Bier sommelier explica quais recipientes e técnicas podem ajudar a deixar a bebida gelada por mais tempo durante as festas

Mateus Dantas / O Povo
As Travestidas anima o público no pré carnaval de Fortaleza.

Para quem decide levar bebidas de casa para curtir as festas de Pré-Carnaval de Fortaleza, um impasse é conseguir mantê-las geladas em meio ao calor da folia. Apesar da economia de comprar a cerveja mais barata, longe dos polos de festa, o folião corre o risco de ter de tomá-la quente caso não se atente aos métodos de armazenamento adequados.

“Isso começa pela escolha da embalagem. As cervejas em lata resfriam mais rápido e são mais aceitas em ambientes fechados. O vidro ainda tem a possibilidade de quebrar e causar algum acidente”, explica o bier sommelier Alexandre Guerra, da cervejaria Paulistânia, localizada em São Paulo. O especialista indica cervejas do tipo lager ou pilsen, estilos de fermentação com características mais refrescantes.

Colocar um pouco de água com o gelo dentro do cooler, de acordo com Alexandre, permite que as cervejas fiquem completamente imersas no ambiente gelado. Somente os blocos de gelo no reservatório não são suficientes para envolver as latas. Outra dica do sommelier é para comprar latas menores, de 269 ml. “Os latões, como são conhecidas as latas de 473 ml, vão esquentar mais rápido”.

Prática comum nessas ocasiões é incluir sal ou álcool junto ao gelo e a água dentro do recipiente de armazenamento, para baixar ainda mais a temperatura. No entanto, Alexandre orienta que os foliões não façam isso. “Quando estamos nessas festas, ninguém se preocupa em lavar a cerveja antes de tomar. Mas o sal e o álcool podem ficar impregnados na abertura da lata e influenciar no gosto da bebida. O melhor é não colocar”.

O cooler, apesar de ser a opção de recipiente mais capaz de manter as bebidas geladas, pode se tornar um estorvo durante a festa, segundo Alexandre. O sommelier afirma que sacolas térmicas podem ser mais fáceis de manusear em locais com multidões. Além disso, são mais compactas para serem dobradas e guardadas quando a bebida já tiver sido consumida.

Alexandre lembra ainda que é importante colocar algumas garrafas de água no kit do Carnaval. A falta de hidratação é um dos fatores que potencializam o efeito do álcool no corpo, podendo causar mal-estar para quem está bebendo. “É importante ser responsável e evitar a ressaca”, diz. (O Povo - é parceiro de oxereta.com)