POLÍTICAS PÚBLICAS

Mudanças questionadas

Iniciando novo ano letivo, Porto Iracema das Artes abre inscrições de cursos básicos e Laboratórios de Criação. Alterações nos regulamentos provocaram reações

Fabio Lima/O POVO
Porto Iracema das artes completa 2 anos de atividades.

As inscrições para os cursos básicos e os Laboratórios de Criação do Porto Iracema das Artes foram abertas no final de fevereiro, marcando o início do ano letivo da escola. Focada em formação e criação artística, a instituição da Secretaria da Cultura do Estado do Ceará (Secult), gerida em parceria com o Instituto Dragão do Mar (IDM), completou cinco anos de atuação em agosto de 2018. O equipamento formativo já teve mais de 10 mil matrículas ao longo do Programa de Formação Básica e contou com seis edições dos Laboratórios, selecionando neles 128 projetos nas áreas de Música, Dança, Artes Visuais, Teatro e Cinema. Para 2019, o Porto anunciou alterações e novidades que provocaram questionamentos por parte de alunos e artistas, em especial voltados aos novos regulamentos dos Laboratórios de Criação.

Neste ano, a diretoria anunciou 170 vagas para os cursos básicos em Artes Visuais, Audiovisual, Fotografia e Artes Cênicas, destinadas gratuitamente para jovens de 16 a 29 anos que sejam estudantes ou egressos da rede pública de ensino. As inscrições podem ser feitas até sexta, 15, através da plataforma online do Porto.

Já as inscrições dos Laboratórios de Criação seguem até o próximo dia 31. Enquanto até 2018 todas as áreas eram contempladas no mesmo regulamento, em 2019 cada uma conta com um documento específico. Em maior ou menor graus, todos os laboratórios tiveram mudanças nos processos seletivos. O de Artes Visuais, por exemplo, teve o modelo alterado, passando a ser dividido em duas etapas: a Temporada Formativa, que consiste em um curso teórico a ser ministrado entre junho e dezembro deste ano, no qual 30 artistas serão selecionados; e a Temporada Investigativa, em que participantes poderão submeter ao Porto projetos para serem trabalhados em 2020, mas apenas quatro serão selecionados pela escola.

Nos processos seletivos dos Laboratórios de Música, Cinema, Dança e Teatro, uma novidade prevista é a adição de uma bonificação de cinco pontos na segunda etapa de seleção para projetos de proponentes que sejam cearenses e morem em outros municípios que não Fortaleza. Especificamente no Laboratório de Cinema, há uma mudança significativa: em 2018, eram escolhidos seis projetos, sendo quatro cearenses e dois de outros estados do Nordeste; agora, serão quatro cearenses, um de outros estados nordestinos e um de outras regiões do País.

Para os processos de Dança e Teatro, ocorrerão adições de outras duas bonificações, também na segunda etapa de seleção: a primeira é de cinco pontos para projetos de proponentes que tenham, no mínimo, quatro anos de criação e pesquisa na área; já a segunda prevê dois pontos adicionados a projetos de proponentes que tenham histórico de trabalho conjunto com colaboradores inscritos no projeto. (O Povo - é parceiro de oxereta.com)


Porto Iracema das Artes

Inscrições dos cursos básicos abertas até sexta, 15. Inscrições dos Laboratórios de Criação abertos até dia 31. Informações:

portoiracemadasartes.org.br/