GOVERNO FEDERAL

Bebianno ironiza encontro de Bolsonaro e executivo da Globo: “Tempo, o senhor da razão”

Alan Santos/Presidência da República
Bolsonaro e o então ministro Bebianno

Primeiro ministro a cair no governo Bolsonaro, Gustavo Bebianno ironizou encontro entre o presidente da República e o vice-presidente de Relações Institucionais da Globo, Paulo Tonet Camargo. À época que antecedeu a queda do então ministro, áudios obtidos pela Veja com exclusividade mostraram Bolsonaro pedindo a Bebianno que cancelasse visita de Tonet ao Planalto.

“O maior cara que me ferrou – antes, durante, agora e após a campanha – para dentro de casa. Me desculpa. Como presidente da República: cancela, não quero esse cara aí dentro, ponto final. Um abraço aí”, mandou o presidente, que ainda classificou a emissora como “inimiga”.

Agora, compartilhando título da Folha de S. Paulo que informa o encontro, o ex-ministro disse “tempo, o senhor da razão”. E criticou: “há algum tempo, fui acusado de suposta traição por ter agendado a visita *oficial* do Vice Presidente de Relações Institucionais da TV Globo, que já havia sido recebido anteriormente, inclusive, por outros dois ministros palacianos, Generais Heleno e Santos Cruz”.

“Quando se está no governo, tais relações institucionais são necessárias, benéficas e estratégicas. Fico feliz que o Presidente tenha percebido isso a tempo. Parabéns!”, escreveu ele em conta no Instagram.

O encontro entre Bolsonaro e Tonet ocorreu às 16 horas desta terça-feira, 21, conforme agenda do presidente. Estiveram presentes os ministros da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, e o empresário Vicente Jorge Rodrigues.  (O Povo - é parceiro de oxereta.com)