EDUCAÇÃO FINANCEIRA

Crise gera mobilizações pela educação financeira

Reprodução
Crise gera mobilizações pela educação financeira

Com a marca de 63 milhões de pessoas com o nome negativado no país, a 6ª Semana Nacional de Educação Financeira (Semana Enef 2019), que acontece de 20 a 26 de maio, ganhou iniciativas promovidas por várias entidades. No Ceará, o presidente da Associação Brasileira de Educadores Financeiros (Abefin), Reinaldo Domingos, apresenta hoje, no Meridional Convenções Center, um curso intensivo para famílias, elaborado com base no livro "Empreender vitorioso com sonhos e lucro em primeiro lugar". No Brasil, serão realizados 46 eventos voltados para a orientação de orçamento e finanças, promovido pela entidade.

O Conselho Regional de Economia (Corecon-CE) preparou uma programação gratuita de segunda a quinta-feira, com palestras sobre orçamento, finanças pessoais e investimentos, que serão dadas em locais diferentes. Na segunda-feira, a presidente do Corecon-CE, Izabel Colares, abrirá a programação, às 13 horas, no Centro de Referência do Empreendedor, no Bom Jardim, com educação financeira para microempreendedores.

O Shopping Del Paseo também resolveu se engajar na campanha de ajuda aos consumidores a saírem da inadimplência e, na quarta-feira, 22, contará com serviços de educação financeira, promovidos pelo Instituto Brasileiro de Executivos de Finanças do Ceará (Ibef-CE).

Como disse o educador Reinaldo Domingos, um número tão alto de pessoas negativadas pode ser uma oportunidade para tratar as finanças pessoais de forma mais cuidadosa e de reorganizar financeiramente as famílias.

PRÊMIO PARA ADIMPLENTES

Dentro das iniciativas para manter um cadastro de bons pagadores, há empresa de telefonia anunciando sorteio de viagens entre os seus clientes adimplentes. Ou seja: começam as campanhas para a manutenção dos pagamentos em dia, com benefícios para quem está conseguindo se organizar.

COMPORTAMENTO DO CONSUMIDOR

O Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) também participará da Semana Nacional de Educação Financeira (ENEF 2019) e apresentará a pesquisa "Educação Financeira - Comportamentos do Brasileiro Ligado ao Dinheiro", realizada com a Confederação Nacional dos Dirigentes Lojistas (CNDL), em parceria com o Banco Central.

A entidade antecipou uma das conclusões do estudo, mostrando que 32% dos consumidores não têm o hábito de traçar metas para realizar sonhos de consumo e que 40% reconhecem o aspecto emocional como influenciador das decisões financeiras.

Detalhe: 63 milhões de pessoas negativadas representa um contingente de 63 milhões de pessoas fora do mercado de crédito, sem condição de parcelar a compra de uma TV, celular ou qualquer outro produto durável em seu nome. (O Povo - é parceiro de oxereta.com)