TIANGUÁ

Justiça manda prender empresário por perseguir e atropelar duas pessoas de propósito

Ele atropelou duas pessoas numa motocicleta, após discussão na saída de uma festa numa casa de shows na BR - 222, em Tianguá

REPRODUÇÃO/VÍDEO
Vídeo incluído nos autos mostra atropelamento das vítimas pelo empresário

A Justiça decidiu que o empresário Carlos Bruno Ferreira de Araújo deve voltar para a prisão. Conhecido como Goiaba, ele atropelou duas pessoas numa motocicleta, após discussão na saída de uma festa numa casa de shows na BR – 222, em Tianguá. O crime ocorreu no último dia 25 de novembro de 2018.

O empresário foi preso após o crime, mas, em 21 de fevereiro, o juiz Eduardo Braga Rocha decidiu pela libertação dele. No último dia 27 de agosto, o desembargador Mário Parente Teófilo Neto, do Tribunal de Justiça do Estado do Ceará (TJCE), acatou recurso do Ministério Público, reformou a decisão de primeiro grau e restabeleceu a prisão preventiva do réu. (O Povo - é parceiro de oxereta.com)

Mais informações em instantes