BATURITÉ

Unilab e Prefeitura firmam carta de intenção para implantar curso de Medicina em Baturité

Carta foi assinada nessa segunda-feira, 9, e prevê parceria entra unidades de saúde do Município e universidade. Com validade de 5 anos, documento pode ser rescindido por "qualquer motivo"

Divulgação
Nessa segunda-feira, 9, o prefeito de Baturité, Assis Arruda, e o reitor da Unilab, Alexandre Cunha, assinaram carta de intenções para futuro curso de Medicina.

O campus da Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira (Unilab) em Baturité, a 105 km da Capital, pode estar mais próximo de implantar um curso de graduação em Medicina. Nessa segunda-feira, 9, o prefeito do Município, Assis Arruda, e o reitor da Unilab, Alexandre Cunha, assinaram carta de intenções na qual firmam parceria para a implantação e desenvolvimento do curso.

Com validade de cinco anos, o documente dispõe que a Prefeitura será "uma parceira estratégica para disponibilizar as unidades de saúde do Município para práticas do ensino médico". Afirma ainda que o Município apoiará as atividades de ensino, pesquisa e extensão nos serviços de saúde e espaços coletivos. “É uma grande conquista para toda a região do Maciço, pois vem ao encontro aos anseios de nossa população", afirmou Assis Arruda.

A carta prevê ainda que "nenhuma das partes está legalmente obrigada a desenvolver as atividades previstas até que os acordos específicos sejam pactuados". Ao mesmo tempo, as partes poderão rescindir o documento "por qualquer motivo" desde que comunicado em escrito com um mês de antecedência.

A implantação de um curso de Medicina em um dos campi da Unilab é discutida desde, pelo menos, 2014.   (O Povo - é parceiro de oxereta.com)