PECÉM (S.G.A.)

AECIPP completa 4 anos de fundação

Assessoria de Imprensa
AECIPP completa 4 anos de fundação

Fundada em 30 de setembro de 2015, a Associação das Empresas do Complexo Industrial e Portuário do Pecém (AECIPP) comemorou, ontem (30), quatro anos. A Associação é o resultado da iniciativa de criação decidida em Assembleia Geral de Fundadores, realizada no dia 13 de novembro 2014, que contou com participação de oito empresas. Atualmente, a AECIPP conta com 31 associadas, sendo 10 indústrias e 21 empresas de serviços, que representam 92% do Produto Interno Bruto (PIB) do Complexo Industrial e Portuário do Pecém (CIPP).

Apesar de ter sido fundada em 2015, segundo o presidente do Conselho de Administração da AECIPP, Ricardo Parente, a ideia surgiu bem antes, no ano de 2011, em conversa com o então diretor da ENEVA, Fernando Moura, após a conclusão dos estudos realizados liderado pelo atual superintendente do Instituto de Planejamento de Fortaleza (Iplanfor), Eudoro Santana na Assembleia Legislativa do Ceará, com envolvimento do Poder Público, representantes do Setor Privado e da Sociedade Civil, tendo como relatório final nominado PACTO PELO PECÉM. Na época, Parente e Moura perceberam que era importante criar uma associação para organizar e defender os interesses das empresas do Complexo, bem como para auxiliar o Governo do Estado no desenvolvimento das atividades do complexo e da região do entorno.

Ao longo dos seus quatro anos de existência, a AECIPP tem promovido diversas ações para estimular a participação das empresas na Associação, como palestras, oficinas e cursos, além de parcerias com a Polícia Militar e com o Corpo de Bombeiros, que gerou o Curso de Policiamento em Áreas Portuária e Industrial (CPAPI) e o Plano de Auxílio Mútuo (PAM) do CIPP, iniciativas voltadas para a segurança do Complexo. “Temos percebido que à medida que fomos intensificando nossas atividades foi aumentando o envolvimento das empresas com a Associação, do diretor ao funcionário de chão de fábrica. Acredito que essa maior participação se deve também ao alinhamento das nossas ações com as demandas das associadas”, conta Ricardo Parente.

A Associação tem trabalhado fortemente também com vistas a promover uma maior aproximação e integração das empresas do Complexo com a comunidade do entorno, uma vez que cerca de 53% do CIPP fica no município de Caucaia e 47% em São Gonçalo do Amarante. “A nossa Associação já nasceu com um propósito de focar nossas ações no regional e formar uma mão de obra qualificada capacitando os profissionais da região, por isso logo de início firmamos uma parceria com o Instituto Federal do Ceará (IFCE) Campus Avançado do Pecém, onde inclusive instalamos a sede da AECIPP. Por meio dessa parceria, contribuímos com a criação e adequação dos cursos ofertados no campus de acordo com as demandas atuais e futuras de oportunidades de trabalho nas empresas associadas”, reforça Ricardo.

Para o diretor-executivo da AECIPP, Ricardo Sabadia, esse diálogo constante com o IFCE é de fundamental importância para o crescimento e desenvolvimento dos profissionais da região. “A ideia da parceria é fazer com que esses cursos sejam uma porta de entrada para a população do entorno visando as oportunidades de emprego das indústrias do Complexo”, complementa. Sabadia reforça ainda um importante projeto lançado pela Associação em maio desse ano, o Aproximar. O projeto tem como objetivo melhorar o acesso dos profissionais da região do Pecém às oportunidades de trabalho junto às empresas do Complexo. Dentre as ações do projeto estão a criação de Banco de Currículos da AECIPP; a disponibilização de Sala de Acolhimento para preparação de currículo e cadastro no site da associação; e a realização de oficinas de capacitação. “Ao longo de três meses de projeto, cadastramos mais de 5 mil currículos, a maioria de profissionais de Caucaia e São Gonçalo do Amarante”, comemora.

Todo o trabalho realizado pela AECIPP desde sua fundação busca tornar a Associação e o CIPP referências positivas, nacional e internacionalmente, além de promover a valorização do Ceará. Dentre as metas estão também o desenvolvimento do setor industrial no Estado e a geração de emprego e renda para a comunidade do entorno. “Agradeço o envolvimento das empresas que tem sido fundamental para o crescimento da nossa associação e espero que cada dia mais pessoas participem das nossas ações, afinal sozinhos vamos mais rápido, mas juntos vamos mais longe”, finaliza Parente.

Outras ações da AECIPP

Para melhor estruturar as ações da Associação foram criados dez fóruns temáticos, cada um liderado por profissionais das empresas associadas, que se reúnem para discutir o desenvolvimento de cada área no Complexo, bem como para pensar ações (palestras, cursos e oficinas) para os profissionais de cada setor. São eles: Recursos Humanos, Comunicação, Logística, Desenvolvimento de Fornecedores, Meio Ambiente, Relações Institucionais, Relações Trabalhistas, Responsabilidade Social, Segurança Patrimonial e Saúde e Segurança.

Também visando promover a integração entre os colaboradores das empresas associadas, a AECIPP promove um campeonato de futebol, em parceria com o Sesi Parangaba. A primeira edição aconteceu no ano passado, entre julho e dezembro, e reuniu 29 equipes. O time vencedor foi o CSP Crane formado por funcionários da Companhia Siderúrgica do Pecém (CSP). A iniciativa foi muito bem recebida e, desde maio desse ano, está acontecendo a segunda edição da competição, que reúne 25 times de 18 empresas. “O objetivo é promover um momento de integração entre os colaboradores das associadas. O esporte tem o poder de possibilitar a aproximação entre as pessoas”, afirma Ricardo Sabadia.

A AECIPP atua ainda na busca por parcerias para oferecer benefícios e descontos para os funcionários das associadas, bem como seus familiares, em empresas nas áreas de educação, saúde, lazer, serviços e produtos. Atualmente, a Associação possui convênio com diversas faculdades em cursos de graduação e pós-graduação, óticas, clínicas médicas como Uniclinic e Instituto Hopólito Monte, além de um convênio com a Associação Brasileira da Indústria de Hotéis Ceará (ABIH-CE), em que são ofertados descontos nos em diversos serviços nos hotéis associados à Entidade, tais como: hospedagem, eventos, cafés da manhã, seminários, congressos, etc.

Dentre as ações com foco na prevenção, a Associação promove palestras e treinamentos nas áreas de segurança, de combate a acidentes de trabalho, além de campanhas sistemáticas de vacinação para os colaboradores de todas as associadas. (Assessoria de imprensa)