RELATÓRIO DO IBAMA

Cinco praias cearenses estão com óleo; outras 16 já foram limpas

Além do Cumbuco estão Lagoinha, Paracuru, Barra do Pirangi e Pontal de Maceió. Todas apresentam até 10% de contaminação

ALEX GOMES/Especial para O POVO
Aprendizes Marinheiros ajudam a recolher óleo na praia do Cumbuco.

As primeiras manchas de óleo na orla do Ceará foram avistadas em 7 de setembro na praia do Morro Branco, no município de Beberibe, a 83 km de Fortaleza. Desde então, outras 20 localidades foram atingidas pelo petróleo cru que mancha e preocupa todo o litoral nordestino. Entre essas, cinco ainda estão oleadas e outras 16 foram limpas. Os dados são do relatório mais recente do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama).

Divulgado na manhã desta quarta-feira, 6, o mapa foi atualizado às 12 horas dessa terça-feira, 5, após notícia de novas manchas no Cumbuco. Segundo o Instituto, todas as praias oleadas no Estado apresentam até 10% de contaminação. Junto ao Cumbuco estão Lagoinha, Paracuru, Barra do Pirangi e Pontal de Maceió.
Confira as praias cearenses que estão sendo monitoradas pelo Ibama e seu status atual:

O relatório aponta ainda que, de 30 a de agosto a 5 de novembro, foram encontradas 12 tartarugas afetadas pelo óleo no Ceará. Delas, apenas 3 foram encontradas com vida.

O secretário do Meio Ambiente do Ceará, Artur Bruno, está nesta quarta-feira, na foz do rio Jaguaribe, em Fortim, acompanhando os trabalhos da empresa contratada pelo governo do Estado para colocar as barreiras de contenção da mancha de óleo no local. O trabalho é preventivo.   (O Povo - é parceiro de oxereta.com)