FESTEJA BUCHADA

Festeja Buchada no Mercado São Sebastião

Um dos pratos mais populares do cardápio cearense, a buchada, vai ser a estrela do festival gastronômico durante dois dias

Reprodução
Festeja Buchada no Mercado São Sebastião

Acontece em Fortaleza o I Festeja Buchada. O evento que tem como objetivo elevar a tradição cearense por meio de um dos pratos mais populares da região Nordeste do Brasil, acontecerá no Mercado São Sebastião nos dias 8 e 9 de novembro, a partir das 18h. Os fãs da iguaria poderão se esbanjar durante os dois dias do festival gastronômico, o prato será comercializado a preço único. A iniciativa é aberta ao público.

O idealizador do projeto e administrador do Mercado São Sebastião, Raimundo Firmo, informa que será produzida a maior buchada do mundo no Festeja Buchada, e que a intenção é que esse fenômeno seja registrado no Livro dos Recordes - Ranking Brasil. “Queremos que o Festeja Buchada vire tradição na cidade. Que as pessoas se programem para participar de todas as futuras edições, assim como a buchada representa nossa cultura e nossas tradições, esperamos que o Festeja Buchada também se torne um evento de patrimônio cultural, culminando novos eventos, sempre em busca de valorizar nossas raízes nordestinas”, diz Firmo.

A programação do evento contempla, além de deliciosos pratos típicos, uma ação protagonizada pela Sancho - Agência de Gestão de Carreira e Imagem e atrações musicais nos dois dias do Festeja Buchada. No dia 8, A Sancho promoverá uma ação de abertura do festival, onde trará um time de peso. O palestrante e proprietário da Sancho, Wladson Sidney, o ator (Cine Holliúdy) e humorista Haroldo Guimarães, o ator (Cine Holliúdy 2) e humorista, Bolachinha, o cordelista, Euriano Sales, o humorista, Alex Nogueira, o diretor do Fortaleza, Marcelo Paz, e o proprietário do Barneys Burger, Marcelo Pimentel. Ainda na sexta, dia 8 o cantor Thiaguinho Mala Mansa e a banda Forró só no Machucado irão fazer fazer ferver o Mercado São Sebastião. No segundo e último dia do Festeja Buchada, a animação fica por conta da banda Forró é o Novo, Jean Dumont e Waldonys.

“O Mercado recebe famílias de diferentes classes sociais que buscam consumir a iguaria. A buchada do Mercado São Sebastião já é tradição para o cearense, desta forma, a escolha do lugar para sediar o primeiro Festeja Buchada não poderia ter sido mais acertada”, reforça Firmo. Estima-se que o mercado recebe em média 57 mil pessoas por semana, atraídas pelas cores vivas das frutas, o cheiro da comida e o calor humano, mantido pelos frequentadores e os mais de 2.500 trabalhadores que dão vida ao equipamento público.

Tradição, boa comida e muita música irão compor o I Festeja Buchada do Mercado São Sebastião.

História da Buchada

Não se sabe ao certo quem criou essa iguaria, muito menos o ano. No entanto várias pesquisas convergem que esse prato tem origem no Maranhos - típico da culinária portuguesa tradicional. Em Portugal, o maranhos é uma tradição da região da beira Baixa. Para confecção da iguaria portuguesa, usa-se o bucho de borrego ou carneiro para fazer a bolsa, que em seguida vai ser recheada com carne de borrego, presunto, chouriço magro, toucinho arroz, hortelã, azeite, sal, limão, pimenta e vinho branco.

A buchada de bode, conhecida popularmente no nordeste como buchada, é preparado com as entranhas (rins, fígado e vísceras do bode). A buchada nordestina leva apenas as chamadas vísceras brancas, as outras partes que não foram utilizadas na receita da buchada, como tripas, partes do estômago e vísceras vermelhas dão origem a um prato diferente - o sarapatel, também conhecido como sarrabulho.

O processo de preparação da buchada requer muita experiência (escolha dos ingredientes, higienização das carnes, temperos que harmonizam o sabor do prato). Nesse quesito de expertise o Mercado São Sebastião de Fortaleza é um produtor nato dessa iguaria, sendo escolhido devido a sua tradição e especialidade para sediar o I Festeja Buchada do Ceará.(Assessoria de imprensa)



Serviço

O que? I Festeja Buchada

Onde? Mercado São Sebastião (Rua Clarindo de Queiroz, 1745 - Centro - Fortaleza)

Quando? Dias 8 e 9 de novembro, a partir das 18h

Como? Evento aberto ao público