CUMBUCO

Alemão dirigia veículo UTV que bateu em buggy no Cumbuco; quatro pessoas ficaram feridas

O acidente ocorreu nesta sexta-feira, 15. Os quatro ocupantes do buggy sofreram lesões. O condutor do UTV é um alemão que reside no Cumbuco

WhatsApp O POVO
Veículo UTV estava sendo guiado por um alemão / Conforme Autarquia Municipal de Trânsito de Caucaia, o veículo UTV passou por cima do buggy

O alemão Harald Fritz Goile dirigia o veículo de competição UTV (similar a um quadriciclo, porém, mais potente) que bateu em um buggy na Praia do Cumbuco, ferindo cinco pessoas, incluindo o motorista do UTV. O acidente aconteceu nesta sexta-feira, 15, por volta das 15 horas, na trilha utilizada pelos bugueiros do local para realização de passeios. De acordo com Autarquia Municipal de Trânsito de Caucaia, o UTV atingiu o buggy na lateral, passando com o pneu traseiro por cima do carro.

Além do motorista do buggy, Moisés dos Santos Cavalcante, o acidente deixou ferida a família de turistas do Piauí que havia fretado o veículo para o passeio. O pai, José Ribamar Pereira dos Santos, sofreu corte no rosto e relatou dores no pescoço, a mãe, Francisca das Chagas Carvalho de Araújo, teve fratura em um dos braços e a filha do casal, uma menina de 12 anos, sofreu fratura nos dois braços, um corte no rosto e fratura no fêmur da perna direita. Todos foram conduzidos para o Instituto Dr. José Frota (IJF), em Fortaleza. Moisés está com lesões em três dedos e fratura nasal. Harald sofreu apenas um corte no joelho. Conforme O POVO apurou na tarde deste sábado, 16, apenas a mãe já havia sido liberada. O pai estava com suspeita de hemorragia interna.

De acordo com o vice-presidente da Autarquia, Carlos Gomes, Harald é residente da Praia do Cumbuco. Ele passou pelo teste do bafômetro que não identificou índice de alcoolemia. O veículo UTV está apreendido. “Isso não acontece com frequência. Acontece às vezes por não conhecimento de alguém que chega no Cumbuco, aluga um carro e não conhece a trilha. Mas é sinalizado logo no início da trilha que só pode entrar carros credenciados”, afirma.

Atualmente, a Praia do Cumbuco possui 132 bugueiros credenciados. Conforme Fausto Alves, bugueiro há mais de 20 anos, existem ainda cerca de 60 buggys irregulares. Ele critica a fiscalização de veículos irregulares na praia. “Esse UTV, que custa quase R$ 80 mil, tem uma potência muito agressiva. E eu já fiquei sabendo que há mesmo aluguel dele no Cumbuco. A fiscalização acontece, mas é mais na área de praia, que tem gente andando”, afirma.

Ele explica que a trilha utilizada pelos bugueiros é uma só: sai da vila de pescadores e segue até a Lagoa do Parnamirim. De lá, vai pelo parque de dunas até o Rio Cauípe e então desce para a faixa de praia. (O Povo - é parceiro de oxereta.com)