GOLEIRO SALVADOR

Fernando Prass salva Ceará em dois lances perigosos e é destaque em duelo contra o Vitória

O goleiro gaúcho tem média inferior a um gol sofrido por jogo em 2020. Na Copa do Nordeste, Prass tomou nove gols em oito partidas

MARCOS BEZERRA/AE
Goleiro Fernando Prass em campo com a camisa do Ceará

Fernando Prass. Esse é o nome que ajudou a garantir o Ceará na semifinal da Copa do Nordeste. O goleiro do Alvinegro ajudou a manter o zero do outro lado do placar em pelo menos três oportunidades. O maior destaque foi a pancada que o meio campo Thiago Carleto, ex-Ceará, disparou em falta marcada próxima da meta de Prass. Aos 17 minutos do segundo tempo, ele caiu no meio do gol e espalmou a bola para longe.

Outro momento importante para garantir a vitória do Vovô do Porangabussu aconteceu em chute da entrada da área do atacante Mateusinho, que entrou na partida na etapa complementar em substituição de Alisson Farias. O lance, já nos últimos minutos do jogo, exigiu que Prass caísse no canto esquerdo do gol para impedir que o jogo fosse empatado.

Na temporada, Prass tem um índice de 0,82 gol sofrido por jogo. Foram 17 jogos e 14 gols sofridos em 2020, segundo estatísticas do site oGol. Em relação ao certame regional, o goleiro gaúcho levou nove gols em oito jogos que esteve em campo, com média de 1,1 gol sofrido por partida.

Na próxima terça-feira, o Ceará entra em campo contra o Fortaleza na busca de uma vaga na final da competição. Na partida, o Vovô não contará com o zagueiro Luiz Otávio, expulso após dar carrinho por trás em Jordy Caicedo. Também são dúvidas para o jogo os atacantes Rafael Sóbis e Rick, substituídos durante a partida por problemas de saúde. O Departamento Médico ainda vai se pronunciar sobre a situação dos atletas. (O Povo - é parceiro de oxereta.com)