CONQUISTA FEMININA

Capitã da PM se torna primeira mulher comandante de aeronave da Ciopaer no Ceará

Lívia Marinho tem 36 anos e ingressou na Ciopaer em fevereiro de 2012. A solenidade que oficializou o título ocorreu nesta quinta-feira, 19,

Fabio Lima - O Povo
Solenidade de ascensão da Capitã PM Lívia Marinho de Carvalho Galvão, primeira mulher comandante de aeronave da Ciopaer do Estado do Ceará.

A capitã Lívia Marinho de Carvalho Galvão, da Polícia Militar do Estado do Ceará (PMCE), se tornou a primeira mulher a assumir a condição de piloto em comando de aeronave da Coordenadoria Integrada de Operações Aéreas (Ciopaer). A solenidade que oficializou o título ocorreu nesta quinta-feira, 19, no hangar da Coordenadoria, no Aeroporto Internacional de Fortaleza - Pinto Martins.

Lívia Marinho tem 36 anos e ingressou na Ciopaer em fevereiro de 2012. Em novembro desse mesmo ano, obteve a licença de piloto privado de helicóptero (PPH), enquanto a licença de piloto comercial de helicóptero (PCH) veio em dezembro de 2013, conforme a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS).

Para assumir o novo cargo, a capitã iniciou o treinamento de elevação de nível em julho de 2020, cumprindo com êxito, em conformidade com o Regulamento Brasileiro de Aviação Civil - RBAC 90 da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac). Lívia ingressou na PM ainda em 2006, é casada com um major da Polícia Militar e tem um casal de filhos.

Solenidade

No evento de solenidade, a agora comandante chegou a bordo da aeronave Fênix 03 por volta das 9h20min. Ela fez um voo baixo na pista de pouso e, em seguida, desceu da aeronave acompanhada pelo secretário de Segurança Pública, Sandro Caron. A capitã fez uma marcha curta e passou por um ritual do Corpo de Bombeiros conhecido como "batismo", que envolve a passagem por uma cortina d'água.

"É com imensa satisfação que estou aqui hoje, ascendendo ao que todos os pilotos almejam que é o comando de aeronave. Quando entramos na Ciopaer, achamos isso tão distante e realmente é. E aqui estou agradecendo primeiramente a Deus que me deu o dom, que guia meus caminhos e minha vida para que consiga exercer minha profissão com muito amor e dedicação", declarou a comandante Lívia.

A militar também prestou agradecimentos ao superiores, à família e aos amigos da Ciopaer. "Queria apenas agradecer, estou muito feliz", afirmou emocionada. Entre as delegadas que homenagearam a capitã estava Socorro Portela. O coronel da PM Ronaldo Pires, coordenador da Ciopaer, se referiu à Lívia como pioneira.

"É uma vitória não só da Ciopaer, não só da Segurança Pública, mas das mulheres representadas aqui pelo esforço e dedicação da capitã Lívia", reforçou o coronel.

O coordenador da Ciopaer ainda homenageou as vítimas do Águia 04, helicóptero da Ciopaer que caiu em dezembro de 2005. Três pessoas morreram na hora e uma sobreviveu. A aeronave voltava de uma missão em Fortaleza e caiu em um matagal, ficando completamente destruída.

O secretário Sandro Caron também parabenizou a comandante e destacou que a conquista dela "abre caminhos" para as mulheres da Segurança Pública do Ceará. "Capitã Lívia, a senhora tem uma conquista aqui que é sua, mas também de todas as mulheres que fazem a Segurança Pública no Estado. Se Deus quiser teremos várias outras 'capitãs Lívias' na Segurança Pública do Ceará", ressaltou. (com informações do repórter Rubens Rodrigues / O Povo - é parceiro de oxereta.com)