DOMINGO TEM ENEM

Justiça nega pedido para adiar Enem e mantém data do exame neste domingo

Defensoria aponta que não há como garantir segurança dos estudantes em meio à pandemia, mas juíza mantém a realização das provas

Agência Brasil
Estudantes terão 1 hora e 30 minutos para acessar o local de prova no Enem. Em 2021, o Inep decidiu pela abertura dos portões às 11h30, 30 minutos mais cedo que em edições anteriores.

O pedido para adiar a prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) foi negado pela Justiça Federal em São Paulo. Salvo outra decisão em contrário, a realização da primeira prova está mantida para o próximo domingo, 17 de janeiro (17/01).

O pedido de adiamento foi apresentado pela Defensoria Pública da União (DPU) na última sexta-feira, 8, com o argumento de falta de segurança em meio à pandemia de Covid-19. No dia anterior, o País alcançou a contagem de 200 mil mortes por Covid-19. A DPU entende não haver como garantir segurança sanitária aos participantes do exame neste momento.

A juíza Marisa Cláudia Gonçalves Cucio acatou os argumentos da Advocacia-Geral da União (AGU) e considerou que há informações suficientes sobre as medidas sanitárias adotadas na realização das provas. Ela entendeu também que o eventual adiamento teria consequências financeiras e representaria ameaça à formação acadêmica dos participantes. (O Povo - é parceiro de oxereta.com)



Cronograma do Enem:


Primeira prova: 17 de janeiro

Segunda prova: 24 de janeiro

Aplicação do Enem digital — 1º dia: 31 de janeiro

Aplicação do Enem digital — 2º dia: 7 de fevereiro

Aplicação do Enem PPL/Reaplicação — 1º dia: 23 de fevereiro

Aplicação do Enem PPL/Reaplicação — 2º dia: 24 de fevereiro