CARROS ELÉTRICOS

Carros de corrida elétricos são criados por universitários de Ceará e Paraíba

Estudantes de quatro universidades cearenses participaram do processo de criação, que será retratado em uma websérie

Divulgação
Os carros foram testados durante a competição cearense, Fórmula Elétrica Ceará

O universo das corridas automobilísticas mexe com o imaginário dos amantes do esporte. Um grupo de estudantes, pesquisadores e docentes de quatro universidades cearenses (Unifor, UFC, IFCE e Unilab) e uma da Paraíba (UFPB) colocou em prática os conhecimentos adquiridos, ao criarem quatro carros de corrida movidos a energia elétrica.

Os veículos passaram por teste durante a competição cearense, Fórmula Elétrica Ceará, realizada nos dias 19 e 20 de dezembro no Kart Mônaco, no bairro Jangurussu, em Fortaleza. Durante o evento, os carros foram submetidos a inspeção elétrica e mecânica, com o intuito de garantir todos os critérios de segurança exigidos pela competição.

O projeto ainda foi além do processo criativo e prático, a equipe responsável documentou todas as etapas do cronograma seguido e transformou o conteúdo em uma websérie (Fórmula Elétrica - CE), exibida desde o dia 3 a até este sábado, 6 de fevereiro, no canal da Quitanda Soluções Criativas, no Youtube.

A série foi produzida ao longo de um ano e meio, período que durou toda a produção e finalização dos veículos. O idealizador do projeto e diretor da Quitanda Soluções Criativas, Mardônio Barros, conta sobre a expectativa do lançamento.

"A série traz uma discussão sobre os temas do entorno. Não é uma mera narrativa do que aconteceu. Ela vai possibilitar que as pessoas tenham uma discussão mais ampla sobre descarbonização, abordando pontos sobre o que podemos fazer para tornar o planeta mais sustentável. Queremos ir além do que foi feito, queremos que as pessoas entrem nesse debate", conta Mardônio.

O documentário conta com quatro episódios de 25 minutos. “Mecânica” é o nome do episódio um, que traz o desenvolvimento da mecânica dos carros. O segundo foi intitulado de “Elétrica”, abordando a troca do combustível por energia elétrica. No terceiro, “Esporte”, o público vai conferir imagens dos carros do projeto durante a competição cearense. Por fim, “Sustentabilidade” trata sobre como a iniciativa pode impactar, em um futuro bem próximo, a mobilidade urbana e a sustentabilidade.

Mardônio, aponta que, de acordo com a Associação Brasileira do Veículo Elétrico (ABVE), o Ceará é pioneiro na eletromobilidade no país. Desde 2016, Fortaleza conta com o primeiro sistema público de compartilhamento de carros 100% elétricos no Brasil, que atualmente possui 15 veículos. A iniciativa diminuiu a propagação de CO² em até 12,5 toneladas, nos últimos quatro anos.

"Nós entendemos que havia uma demanda para discussão da mobilidade elétrica urbana e desenvolvimento desse mercado, a formação de profissionais que entendessem tanto de automobilismo, quanto desse conhecimento aplicado a outras coisas, como a mobilidade e a sustentabilidade", explica Mardônio.

Juan Carlos, que concluiu o curso de Engenharia Elétrica na Universidade Federal da Paraíba (UFPB), participou do projeto ainda como estudante. Para ele, a experiência foi enriquecedora.

"Para nós, que estamos no curso de Engenharia, é uma oportunidade de começar a ter uma visão de empresa. É chance de colocar em prática o que aprendemos nas aulas. Nosso curso tem uma base muito teórica, quando vamos para esses projetos percebemos na prática o que está dando certo e o que está dando errado. É uma experiência gigantesca para quem participa", diz Juan.

Os quatro veículos movidos a energia elétrica foram desenvolvidos com tecnologia nacional. O motor, o sistema de bateria e as peças foram manufaturadas no Brasil. Os protótipos possuem estrutura de fibra de carbono, mesmo material utilizado na fabricação de pás de rotor para turbinas eólicas. Eles possuem baixo custo, tração 100% elétrica, pesam em torno de 300 kg e tem arranque de 0 km/ hora a 100 km/ hora em 3 segundos. (O Povo - é parceiro de oxereta.com)



Serviço

Websérie “Fórmula Elétrica – CE”, no canal da Quitanda Soluções Criativas, no Youtube.

Mais informações: (85) 3235 4063