JUAZEIRO DO NORTE

Aeroporto de Juazeiro do Norte, no Ceará, está sem medição de temperatura de passageiros há cinco meses

Serviço era realizado pela vigilância sanitária e foi temporariamente suspenso pela Secretaria Municipal da Saúde

Infraero/Divulgação
Aeroporto Orlando Bezerra, em Juazeiro do Norte

O aeroporto da terceira cidade mais populosa do Ceará, Juazeiro do Norte, está há cinco meses sem fazer a medição da temperatura dos passageiros que embarcam e desembarcam no local. Atualmente, o Aeroporto Orlando Bezerra só abre próximo ao horário de partida e chegada dos voos para receber passageiros.

A medição da temperatura faz parte das medidas de combate à Covid-19 recomendada pelas autoridades de saúde em locais com rotatividade de pessoas. De acordo com a empresa que administra o aeroporto de Juazeiro do Norte, a Aena, desde setembro de 2020, a fiscalização, que era feita por equipes da vigilância sanitária, não é realizada no local, por onde passam mais de 1.500 pessoas por dia.

De acordo com a Secretaria Municipal da Saúde de Juazeiro do Norte, o serviço foi temporariamente suspenso, pois "não havia necessidade de voltar com ele". A secretaria informou ainda que toda semana a equipe da secretaria de saúde se reúne para traçar metas e também definir os trabalhos que serão realizados posteriormente e, até agora, não foi vista necessidade de voltar o trabalho da vigilância sanitária no Aeroporto de Juazeiro.

O aeroporto segue com outras medidas de enfrentamento ao novo coronavírus, como obrigatoriedade da máscara para acesso às dependências do local, distanciamento nas cadeiras e nas filas, álcool em gel disponível e funcionários orientando as pessoas. (Portal G1)