LUTO NA MÚSICA

Líder da banda Carrapicho, Zezinho Corrêa morre por complicações de Covid-19 aos 69 anos

O artista estava internado na capital do Amazonas há cerca de um mês. Ele era vocalista do grupo que surgiu em 1980 e ficou conhecido pelo sucesso 'Tic Tic Tac'

Instagram / Reprodução
Zezinho Corrêa tinha 69 anos e era conhecido como vocalista do grupo Carrapicho, sucesso pelo hit 'Tic Tic Tac'

Morreu neste sábado, 6, aos 69 anos, o cantor Zezinho Corrêa, vocalista do grupo Carrapicho. Ele estava internado desde 4 de janeiro em um hospital de Manaus após testar positivo para a Covid-19. "Hoje a batida do tambor se calou", afirmou a nota da assessoria de imprensa da banda nas redes sociais, em referência ao sucesso 'Tic Tic Tac'.

Nascido no município amazonense de Carauari, Zezinho começou a trajetória artística voltado às artes cênicas. No entanto, acabou mudando o interesse para a música e, em 1980, assumiu os vocais da banda Carrapicho.

Um dos principais hits do conjunto é "Tic Tic Tac", grande sucesso nos anos 1990 que até hoje permanece lembrado. Os 40 anos de trajetória do grupo foram celebrados no ano passado. "Obrigada por levar o nome do Amazonas para o mundo, obrigada por ser esse ser humano incrível em todos os sentidos", afirma o texto do comunicado da assessoria sobre a morte do cantor.

Recentemente, em dezembro de 2020, Zezinho apresentou em Manaus o show "Banho de Frevo", onde cantava músicas de Elba Ramalho. No mesmo mês, foi lançado virtualmente o livro "Eu Quero é Tic, Tic, Tac", de Fabrício Nunes, sobre a carreira do artista. (O Povo - é parceiro de oxereta.com)