VACINAÇÃO

Em Fortaleza, pessoas a partir de 12 anos não precisam de agendamento para vacinação contra Covid

"Estamos ampliando a livre demanda de 1ª dose para toda a população apta a receber o imunobiológico", disse o prefeito José Sarto.

Fabio Lima/O POVO
DF decide manter vacinação de adolescentes a partir dos 14 anos

A partir de sexta-feira, 15 de outubro, os fortalezenses a partir de 12 anos poderão se vacinar contra a Covid-19, após efetivação do cadastro no site Saúde Digital, e não precisarão mais de agendamento. O anúncio foi feito nas redes sociais do prefeito da Capital cearense, José Sarto (PDT). "Estamos ampliando a livre demanda de 1ª dose para toda a população apta a receber o imunobiológico".

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Confira os locais de atendimento que serão organizados por faixa etária:

Idosos (a partir de 60 anos): Centro de Eventos;
Adolescentes (12 a 17 anos): Shopping RioMar Fortaleza, Iguatemi e Centro de Eventos e
Adultos (18 a 59 anos): Cucas e Sesi Parangaba.

Fortaleza possui uma população estimada em 2.703.391, de acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Desse valor, 2.003.547 já receberam a 1ª dose do imunizante contra Covid-19 e 1.406.266 já estão com a aplicação da 2ª dose. No total, o Vacinômetro Covid-19 contabiliza a aplicação de 3.500.049 vacinas. Desse valor somam-se também os 61.690 com a 3ª dose e os 28.566 fortalezenses com a dose única.

Somado ao avanço da vacinação, Fortaleza possui um declínio nos índices de mortes por Covid-19, registrando um total de zero mortes nas últimas 24 horas, em relação a infecção pelo coronavírus. As baixas vem sendo notadas desde o início do ano, quando a Cidade atravessou o pico da doença em 20201, no mês de março, entre os dias 20 e 25 quando a Capital pontuou 71 mortes em 24 horas.

Territórios vulneráveis

Fortaleza começa a atuação do "Ônibus da Vacina", uma ação da Cruz Vermelha Brasileira para atender moradores de territórios vulneráveis. A ação inicia nesta quinta-feira, 14. De acordo com publicação nas redes do prefeito José Sarto (PDT), a unidade móvel percorrerá 12 bairros da Capital até 9 de novembro próximo. A capacidade de atendimento diária do veículo é de 400 pessoas e o funcionamento será de segunda-feira a sábado. (O Povo - é parceiro de oxereta.com)