CAUCAIA

Seis pessoas são mortas em Caucaia em menos de 12 horas

Três suspeitos de homicídio e de participação em organização criminosa foram presos na noite desta sexta-feira, 1º, conforme a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social

Barbara Moira - O Povo
Três suspeitos foram presos em operação da Polícia Civil

Entre a noite desta sexta-feira, 1º, e a madrugada deste sábado, 2, seis pessoas foram mortas em Caucaia, na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF). Segundo a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), três homens suspeitos de praticar os homicídios e integrar uma organização criminosa foram presos na sexta.

Segundo informações da pasta, na noite de ontem, um homem de 22 anos, com passagens por integrar organização criminosa, posse irregular de arma de fogo e dano, e uma mulher de 48 anos foram mortos a tiros em um imóvel no bairro Primavera. Outro homem, ainda não identificado, foi morto a tiros no bairro Mangabeira.

Na madrugada deste sábado, outro duplo homicídio foi registrado pelas forças de segurança na região. Um casal, ainda não identificado, foi morto a tiros em um imóvel no bairro Tabuba. Outro homem, de 26 anos, foi morto a tiros em via pública no bairro Santa Rosa. A vítima já possuía passagens por integrar organização criminosa, associação para o tráfico e crime de trânsito, conforme apuração policial.

Investigações

Equipes do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) e da Perícia Forense do Estado do Ceará (Pefoce) realizaram os primeiros levantamentos nos locais dos crimes.

Os três suspeitos foram capturados após ações operacionais, de inteligência e de investigação da Polícia Civil do Ceará (PC-CE). Equipes da Delegacia Metropolitana de Caucaia (DMC), unidade da PC-CE, e do 12° Batalhão de Polícia Militar (BPM) continuam com diligências na região.

As ofensivas na cidade contam ainda com composições do Comando de Policiamento de Rondas de Ações Intensivas e Ostensivas (CPRaio) e do Policiamento Ostensivo Geral (POG). A SSPDS frisa que todos os casos estão sendo apurados pelo Núcleo de Homicídios e Proteção à Pessoa (NHPP) da Delegacia Metropolitana de Caucaia, unidade que está à frente das investigações.

Denúncias

A população pode contribuir com as investigações repassando informações que auxiliem os trabalhos policiais. As denúncias podem ser feitas para o número 181, o Disque-Denúncia da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), ou para o (85) 3101-0181, que é o número de WhatsApp, por onde podem ser feitas denúncias via mensagem, áudio, vídeo e fotografia.

As denúncias podem ser feitas ainda para a Delegacia Metropolitana de Caucaia, pelo número (85) 3101-3360. O sigilo e o anonimato são garantidos. (O Povo - é parceiro de oxereta.com)