SÃO GONÇALO DO AMARANTE

Estudantes de São Gonçalo do Amarante ganham 1.363 livros e brinquedos doados por empregados da CSP

A Campanha Criança Feliz presenteou crianças de quatro escolas com itens arrecadados pelo grupo Voluntários da Alegria

Livros e brinquedos foram distribuídos esta semana, nos dias 6 e 7 de outubro, em quatro unidades escolares de São Gonçalo do Amarante, em uma iniciativa dos Voluntários da Alegria, grupo formado por empregados da Companhia Siderúrgica do Pecém (CSP). A campanha Criança Feliz 2021 contempla estudantes nas comunidades de Parada, Acende Candeia, Bolso e Paul/Caraúbas.

Em celebração ao mês das crianças, foram entregues 400 livros, 404 brinquedos, 532 tabuleiros de jogo da CSP e 27 livros para professores no Centro de Educação e desenvolvimento Infantil (CEDI) Arco-Íris; no CEDI Tia Fausta; no Centro de Educação Infantil (CEI) Raio de Sol; e na escola Manoel Pereira de Brito. As doações são resultado de arrecadação promovida pelos empregados da siderúrgica do Pecém. Para incentivar o comércio local e geração de renda na região, os brinquedos presenteados foram comprados no comércio de São Gonçalo do Amarante.

Oportunidade de brincar

O CEI Raio de Sol foi a primeira unidade a receber os presentes. O Centro de Educação Infantil foi construído em 2018, com apoio da CSP, na comunidade de Acende Candeia. A Jordeane Oliveira é mãe do Isaque, que estuda no Infantil 2, e participou da programação. Ela é assistente social e aprovou a iniciativa. "A CSP trouxe muitas melhorias pra nossa comunidade. A primeira delas é essa creche. Temos um espaço amplo, muitas salas, e isso melhorou bastante, para os estudos deles. E foi muito boa essa ação pras crianças. Foi uma oportunidade de brincar", disse Jordeane Oliveira, mãe do Isaque, de 3 anos.

Apoio no processo educacional

A coordenadora do CEI Raio de Sol, Expedita Gadelha, comemorou a realização da ação. "Essa parceria com a CSP é muito importante pra gente. Nós temos muitas crianças que participam da creche. Foi essa parceria que nos promoveu esse ambiente tão favorável para elas, e está sendo muito boa pra comunidade. E as doações são maravilhosas, pra gente e pras crianças. Sempre nos são oferecidos materiais, livros e o apoio em todo esse processo educacional que a gente precisa", destacou a educadora Expedita Gadelha.

Agentes de transformação

Ver o resultado desse trabalho é emocionante para Italo Barreira, que é analista de Relações com Comunidades da CSP. "O meu sentimento é de muita gratidão e de muita satisfação em ver o sorriso das crianças. Todos os anos fazemos essa ação, e o reconhecimento dos pais, da escola e dos professores é muito gratificante. Nosso papel, na CSP, é atuar como agente de transformação, contribuindo para o desenvolvimento da região. E essa é uma das formas que a gente tem nessa contribuição, nesse papel de melhorar a vida dessas pessoas", compartilhou Italo Barreira, que trabalha na CSP.  (Assessoria de imprensa)