INCENTIVO CULTURAL

Camilo Santana sanciona lei que cria programa de fomento ao audiovisual

Governador Camilo Santana sancionou lei que institui o Ceará Filmes - Programa Estadual de Desenvolvimento do Cinema e Audiovisual e o Sistema Estadual do Cinema e Audiovisual

Reprodução/ Secult
Programa Ceará Filmes foi aprovado nesta quarta-feira, 29

O governador Camilo Santana sancionou na quarta-feira, 29 de dezembro, uma lei que permite a criação de um programa de incentivo ao setor audiovisual cearense. Agora, serão instituídos o Ceará Filmes - Programa Estadual de Desenvolvimento do Cinema e Audiovisual e o Sistema Estadual de Cinema e Audiovisual.

O primeiro tem o objetivo de fomentar o desenvolvimento da produção do Estado. A ação de política pública será dividida em sete eixos: produção, distribuição, exibição, preservação, formação, rede institucional e legislação.

De acordo com Camilo Santana, o Ceará Filmes é uma forma de consolidar e incentivar o cinema cearense, que costuma receber destaques em festivais nacionais e internacionais.

“Quando pensamos neste programa, nosso objetivo era muito claro: promover ainda mais o cinema e a nossa produção audiovisual que é tão rica, bonita e diversa. Mas que também gera emprego e renda, movimentando e desenvolvendo a economia do nosso Ceará com muita criatividade”, disse em material divulgado pelo site da Secretaria da Cultura do Estado do Ceará (Secult-CE).

A lei ainda estabelece o Sistema Estadual do Cinema e Audiovisual, que funcionará como uma instância com participação da sociedade civil. A ideia é organizar e articular as políticas e demandas específicas do Programa Ceará Filmes.

Este sistema é vinculado ao Sistema Estadual da Cultura (Siec) e ao Fundo Setorial do Audiovisual do Ceará (FSA/CE), uma subfonte dos recursos do Fundo Estadual da Cultura (FEC). (O Povo - é parceiro de oxereta.com)