ARTILHEIRO

Vina supera Jorge Costa e se torna o maior artilheiro da história do Ceará no Brasileirão

Além de ser o maior goleador do Vovô nas temporada 2020 e 2021, o meio-campista se tornou o atleta que mais balançou as redes atuando pelo Alvinegro na história do Campeonato Brasileiro da Série A

Aurelio Alves/ O POVO - imagem ilustrativa
Vina. Fortaleza x Ceara, pelo Campeonato Brasileiro, na Arena Castelão, Classico Rei. em epoca de COVID-19.

Com os dois gols na vitória do Ceará por 4 a 0 diante do Fortaleza, na última quarta-feira, 17, pela 33ª rodada da Série A, o meio-campista Vina não só assumiu a artilharia do Vovô nesta edição do certame, com seis gols, como também se tornou o maior goleador da história do Alvinegro no Brasileirão, superando Jorge Costa, o “Cocota”, atacante que atuou pelo escrete preto-e-branco na década de 70 e 80.

Cocota vestiu a camisa alvinegra entre os anos de 1976 e 1977. Posteriormente, o ponta-direita voltou a defender o Ceará entre os anos de 1980 e 1983. No período, o ex-jogador entrou em campo 278 vezes, com 25 gols marcados — 17 pela Série A. Pelo Vovô, Jorge conquistou quatro títulos do Campeonato Cearense (1976, 1977, 1980 e 1981).

A marca de 18 tentos no Campeonato Brasileiro foi ultrapassada por Vina, que agora totaliza 19 — número que pode ser expandido ainda neste ano, já que restam cinco rodadas para o fim do Brasileirão. Destes 19 gols, seis foram marcados nesta temporada e 13 em 2020.

Protagonista do Vovô desde que chegou ao clube, no início do ano passado, o bom desempenho do meio-campista vai além de balançar as redes. O camisa 29 lidera diversos outros aspectos entre os atletas do Alvinegro, principalmente em quesitos ofensivos, como participações em gols (8), chutes certos (22), passes decisivos (49), grandes chances criadas (7) e passes certos no campo de ataque (292). (O Povo - é parceiro de oxereta.com)



Maiores artilheiros da história do Ceará no Brasileirão:


Vinícius Vina - 19 gols
Jorge Costa - 17 gols
Samuel - 14 gols
Ivanir - 14 gols
Felipe Azevedo - 12 gols
Thiago Galhardo - 12 gols
Washington - 12 gols
Petróleo - 11 gols
Zé Eduardo - 11 gols
Wolney - 10 gols