MORRE PAULINHA ABELHA

Paulinha Abelha, da Calcinha Preta, morre aos 43 anos

Paulinha Abelha, vocalista de Calcinha Preta, morreu nesta quarta-feira, 23 de fevereiro, após internação por problemas renais

Instagram/Reprodução
Paulinha Abelha morreu nesta quarta-feira, 23

Paulinha Abelha morreu nesta quarta-feira, 23 de fevereiro, após ser internada por problemas renais. As informações foram confirmadas pela assessoria de imprensa do Hospital Primavera e publicadas nas redes sociais da banda Calcinha Preta.

"O Hospital Primavera comunica, com pesar, que a cantora, Paula de Menezes Nascimento Leca Viana, Paulinha Abelha, faleceu hoje às 19h26 em decorrência de um quadro de comprometimento multissistêmico", escreveu em nota.

"Nas últimas 24 horas apresentou importante agravamento de lesões neurológicas, constatadas em ressonância magnética, e associada a coma profundo. Foi então iniciado protocolo diagnóstico de morte encefálica, que confirmou hipótese após exames clínicos e complementar específicos", continuou.

A cantora estava internada de o dia 11 de fevereiro, por causa de problemas renais.  Entretanto, em uma semana, ela entrou em coma após uma piora. Com a situação, Paulinha Abelha foi diagnosticada com uma bactéria no cérebro.

Conheça Paulinha Abelha

Paulinha Abelha é o nome artístico de Paula de Menezes Nascimento Leça Viana. Nascida em Simão Dias, Sergipe, a artista iniciou sua carreira aos 12 anos, cantando em trios elétricos nas cidades do interior de seu estado natal. 

A primeira banda que participou foi formada por ela mesma. O grupo chamado "Flor de Mel" acabou sendo descontinuado por falta de recursos financeiros. A cantora permaneceu no projeto por três anos. Em seguinda, ela ingressou na banda "Panela de Barro", onde também permaneceu por três anos.

No fim da década de 90, Paulinha foi descoberta por Gilton Andrade, empresário e diretor da banda Calcinha Preta. Com isso, a cantora passou a ingressar o grupo e ganhar destaque como uma das principais vozes da banda, onde permaneceu por 12 anos. Durante esse período, ela participou da gravação de 22 álbuns e 3 DVD.
No início de 2010, Paulinha entrou para a banda GDO do Forró, mas não permaneceu por muito tempo. Meses depois, ela saiu do grupo para dar início a um novo projeto com seu então marido Marlus Viana, também ex-integrante do Calcinha Preta. Mas em 2014 o casal anunciou o retorno para a banda.

Em 2016, Paulinha saiu novamente do Calcinha Preta para criar o trio Gigantes do Brasil, com Silvânia Aquino e Daniel Diau. Mas o grupo não permaneceu por muito tempo e no mesmo ano foi anunciado seu fim. Com isso, as duas cantoras criaram o projeto Silvânia & Paulinha.

Em 2018, a dupla desistiu do projeto e retornou ao Calcinha Preta, onde Paulinha permaneceu até os dias atuais. Ao longo de sua carreira, a cantora ficou conhecida por grandes sucesso como  "Louca Por Ti", "Baby Doll", "Vou Te Dominar", "Armadilha", "24 horas de Amor", "Abra o Meu Coração", "Ainda Te Amo", "Tutti-Frutti", entre outras. (O Povo - é parceiro de oxereta.com)