TORCEDORES PROSTESTAM

Torcedores protestam durante embarque do Ceará após eliminação no Cearense

Aos gritos de "time sem vergonha", torcedores pediram mais raça aos jogadores na tarde desta segunda, 28, no aeroporto de Fortaleza

Fausto Portela/cearasc.com
Cléber foi um dos alvos do protesto da torcida nesta segunda, 28

Sob protestos e gritos de "time sem vergonha", o Ceará embarcou na tarde desta segunda-feira, 28, para o duelo diante do São Raimundo-RR, válido pela Copa do Brasil. A equipe foi alvo de reclamações vindas da torcida organizada do clube, a Cearamor, após a eliminação no Campeonato Cearense. No último sábado, a equipe foi derrotada pelo Iguatu por 1 a 0 no tempo regulamentar e, posteriormente, nos pênaltis.

Os presentes pediram aos jogadores alvinegros no aeroporto mais raça enquanto gritavam "não é mole não, tem que ter raça pra jogar no Vozão" e abordaram cada um dos atletas que se apresentavam para o embarque. Um dos jogadores relacionados para o jogo, o zagueiro Messias chegou a discutir com um torcedor após ser empurrado.

O técnico Tiago Nunes parou por alguns instantes para cumprimentar algumas pessoas, mas conversou somente com um torcedor presente em específico, um pouco mais distante dos protestos. Ele recebeu apoio do grupo, assim como o goleiro João Ricardo. Além das queixas gerais, os torcedores também fizeram críticas específicas aos atacantes Jacaré e Cléber — este presente na ocasião — e ao presidente do clube, Robinson de Castro. 

O Ceará volta a campo nesta quarta-feira, 2, às 19 horas, quando enfrenta o São Raimundo-RR, fora de casa, pela Copa do Brasil. (O Povo - é parceiro de oxereta.com)