"VIABILIDADE ECONÔMICA"

Pão de Açúcar fechas duas unidades em Fortaleza após estudos de "viabilidade econômica"

A empresa destaca que todos os funcionários das duas unidades serão realocados em outras unidades, cargos e funções dentro da própria rede

Divulgação
Após estudos de viabilidade econômica, Grupo Pão de Açúcar fecha duas unidades em Fortaleza

As unidades do supermercado Pão de Açúcar localizadas no no Shopping Molina (Avenida Washington Soares, nº 4040) e na Avenida Antônio Sales, nº 2477, ambas em Fortaleza, foram fechadas definitivamente. A decisão da empresa é guiada por "estudos de viabilidade econômica", conforme destaca em resposta ao O POVO. 

Ao ser questionada pelo O POVO, a empresa destaca que todos os funcionários das duas unidades serão realocados em outras unidades, cargos e funções dentro da própria rede. "Os colaboradores serão redirecionados para outras operações na região", pontua a empresa em nota.

Com relação aos clientes, o Grupo Pão de Açúcar reforça que os serviços de vendas online e entregas serão mantidos na região das unidades que foram fechadas. A rede destaca ainda que trabalhará para direcionar o fluxo dos consumidores das  lojas fechadas para as unidades mais próximas . 

Reestruturação da rede de supermercados

As ações de fechamento e abertura de novas unidades do Grupo Pão de Açúcar se alinham com os informes comunicados ao mercado ainda em outubro de 2021 que revelava a decisão de descontinuar o formato de hipermercado da marca Extra será descontinuado.

"Das 103 lojas da rede, 70 pontos comerciais foram vendidos ao Assaí, e as demais 33 unidades serão convertidas em outros formatos do Grupo Pão de Açúcar ou fechados. As lojas do Shopping Iguatemi e na Avenida Aguanambi serão unidades do Pão de Açúcar e deverão reabrir sob a nova bandeira nos próximos meses", acrescenta a empresa em nota. 

As novas unidades do Pão de Açúcar  serão estruturadas com o conceito G7 (Geração 7), que é baseado em iniciativas que redesenham completamente a experiência de compra dos clientes. "Esse modelo de loja traz um layout que revitaliza o fluxo, reforça a integração da transformação digital ao processo de compra, valoriza espaços verdes e as seções de produtos sustentáveis, além de ampliar o sortimento de produtos premium e trazer a criação de espaços de convivência com produtos prontos para o consumo", finaliza a empresa.  (O Povo - é paarceiro de oxereta.com)