ANITTA NO MUSEU DE CÊRA

Anitta inaugura estátua no Museu Madame Tussauds em Nova Iorque

Vinte artistas cuidaram da figura de cera da cantora, que foi produzida na Inglaterra e exposta em Nova Iorque

REPRODUÇÃO
Madame Tussauds de Nova York inaugurou peça em homenagem à cantora Anitta.

Museu de cera mais famoso do mundo, o Madame Tussauds de Nova Iorque inaugurou peça em homenagem à cantora Anitta. Na manhã desta quinta-feira, 2, em evento na famosa Times Square, a cantora carioca celebrou a entrada no time de estrelas internacionais homenageada pelo equipamento cultural.

“Durante o processo, você pensa em desistir umas 20 vezes, porque você fica umas 12 horas parada na mesma posição, e com a mesma expressão”, brincou Anitta durante a cerimônia de inauguração. "Tem todas as minhas tatuagens!", completou, impressionada com o resultado. O evento não foi aberto ao público.

A assessoria do Madame Tussauds explicou à CNN que a escolha das personalidades que ganharão uma estátua são “um reflexo daqueles que tiveram um impacto significativo no mundo”.

Em novo vídeo divulgado pelo Museu ontem, os bastidores da modelagem foram evidenciados, com destaque para a busca do tom de pele da artista, além do trabalho para o cabelo e até as unhas ficarem parecidas ao estilo da carioca. 

"Do Rio para NY. Vem aí", postou a instituição nas redes sociais. Desde agosto de 2021, os fãs aguardam a estreia da obra no museu. À época da divulgação inicial, a cantora postou vídeo mostrando o processo de seleção da melhor pose e mostrou o look escolhido: figurino do clipe "Girl from Rio".

Vinte artistas foram necessários na produção da peça, feita em Londres. O Madame Tussauds Nova York fica localizado próximo à Times Square, um dos pontos turísticos mais famosos do mundo.

As personalidades eternizadas pelas estátuas de cera do Madame Tussauds são pessoas que alcançaram feitos notáveis em suas respectivas carreiras e impactaram o mundo com o seu trabalho. Tida como o maior nome brasileiro internacional feminino da atualidade, Anitta é uma escolha curiosa e bem representativa para entrar no acervo do museu nesse momento. Desde o seu surgimento no Brasil, há cerca de uma década, a cantora se tornou a líder de toda uma geração de artistas latino-americanos na música.

Anitta já figurou no 15º lugar da lista dos músicos mais influentes nas redes sociais, da Billboard. Seu disco, "Kisses", foi lançado em abril de 2019 e indicado ao Grammy Latino de Melhor Álbum de Música "Urban". Neste ano, a artista atingiu o top 1 do Spotify Global com o single "Envolver". Antes disso, ela lançou sucessos como "Me Gusta", em parceria com Cardi B e Myke Towers. (O Povo - é parceiro de oxeretas.com)