ACIDENTE DE ÔNIBUS

Conheça a carreira da dupla Conrado e Aleksandro, envolvida em acidente de ônibus neste sábado

Na manhã deste sábado, 6, o sertanejo Aleksandro morreu após acidente com o ônibus utilizado por sua equipe

Reprodução/Instagram
O sertanejo Aleksandro Correia, morreu após acidente com o ônibus utilizado por sua equipe para viajar pelo país realizando shows

Na manhã deste sábado, 7, o sertanejo Aleksandro Correia, morreu após acidente com o ônibus utilizado por sua equipe para viajar pelo País, realizando shows. O cantor fazia dupla, há três anos, com João Vitor Soares, que utiliza "Conrado" como nome artístico.

De 2003 a 2019, Aleksandro formava dupla com outro Conrado, o Bueno, que seguiu carreira solo. Os cantores são naturais de Mato Grosso do Sul. 

Nas redes sociais, Aleksandro gostava de aparecer como uma "pessoa comum". Em postagem publicada no início do ano brinca com o fato de estar totalmente descabelado em um foto: "Posso falar um coisa pra vocês? Um segredo?! Tem dias que nem de pente eu gosto. kkkkkkkk", dizia.
 
Aleksandro deixa um casal de filhos pequenos. O cantor costumava declarar que sua família era a fortaleza e a base para continuar seu trabalho.

História da dupla Conrado e Aleksandro

A primeira versão da dupla lançou em 2009 o seu primeiro CD, batizado de “Anjo Querido”, ao vivo. No ano seguinte lançou o CD “Tour Ao Vivo’, embalando sucessos, entre os quais: "Afinal" e "Gravidade Zero".

Em 2011, Conrado e Aleksandro conseguiram gravar seu o primeiro CD em parceria com Som Livre, o disco se chamava “Plano B" e contava que a participação de Luan Santana no sucesso "Certos Detalhes". O álbum trazia regravações de "Afinal", "Gravidade Zero", "Fuso Horário" e "Cubanita".

No ano de 2012, a dupla gravou o seu primeiro DVD, "Ao Vivo em Maringá", na cidade de Maringá (PR). Em 2014 gravou seu quinto CD. Em 22 de outubro de 2015, Conrado e Aleksandro realizaram a gravação de seu segundo DVD, na cidade de Curitiba (PR), trazendo como destaque as composições "Caminhonete inteira", "Hino dos machos", "Namorar não vou não" e "Bebendo de torneira".

Já com a nova versão da dupla, em 2020, eles gravaram seu primeiro DVD, ao vivo em Londrina: “Neste DVD, Conrado & Aleksandro escolheram a cidade de Londrina-PR para a gravação do novo projeto. A estrutura de concha do anfiteatro de Londrina (Anfiteatro do Zerao) da sensação ideal de acolhimento, onde propagaram som, energia, arte e verdade musical, além de presentear a cidade com a reforma do mesmo e mostrar que o espaço é genial”, informa o site oficial da dupla.

Nesta nova produção foram produzidas regravações das músicas “Vidas Divididas”, e o remix de “Põe no 120”. Nas gravações, a dupla lançou o sucesso “Olha a Cara do Povo”. Além de faixas como “Romance Torto” e “Solteiramento”. (O Povo - é parceiro de oxereta.com)