DIA DO VOLUNTARIADO

CSP celebra o Dia do Voluntariado com ações especiais em escolas de São Gonçalo do Amarante e na usina

Crianças de 3 a 7 anos coloriram e dedicaram desenhos aos Voluntários da Alegria da CSP

Ascom CSP
CSP celebra o Dia do Voluntariado com ações especiais em escolas de São Gonçalo do Amarante e na usina

Como você se sentiria se fosse homenageado por uma criança que você não conhece, mas que já foi ajudada por você? Nas escolas de São Gonçalo do Amarante, centenas de crianças estão aprendendo matemática, história, português... E também sobre a potência da solidariedade. Uma programação especial, promovida pela Companhia Siderúrgica do Pecém (CSP), levou para estudantes de 3 a 7 anos a experiência de celebrar o Dia do Voluntariado, nacionalmente comemorado em 28 de agosto.

A ação nas escolas contemplou alunos do Centro Educacional de Desenvolvimento Infantil (CEDI) Arco-Íris, na Parada, e do CEDI Tia Fausta, em Caraúbas. Os alunos participaram de uma manhã lúdica, com pintura de cartinhas, lanches e a apresentação do teatro de bonecos “CSP em Cena”. As 300 cartinhas, preenchidas de afeto pelas crianças, foram presenteadas a empregados da CSP, em agradecimento à participação dos guerreiros do aço nas ações do programa Voluntários da Alegria. Regularmente, desde 2018, o grupo mobiliza trabalhadores da CSP a ajudarem comunidades próximas à siderúrgica com doações de alimentos, livros, brinquedos, roupas e itens de higiene pessoal.

A diretora da CEDI Arco-íris, Sol Rodrigues, agradeceu a iniciativa. “É sempre um prazer receber a equipe de vocês, principalmente receber as ações dos Voluntários da Alegria no CEDI Arco-Íris, na Parada. As crianças amam participar e, é claro, toda a equipe que trabalha no CEDI. A troca de carinho com os voluntários é algo que toca o coração das crianças e de suas famílias, gerando sentimento de gratidão. Essa parceria beneficia a educação do município, proporcionando também a alegria das nossas crianças”, compartilhou a gestora.

Compromisso social com as comunidades

Para celebrar a integração gerada pela solidariedade, as cartas das crianças foram entregues aos empregados da CSP durante o horário de almoço, nos quatro refeitórios da empresa. Além da emoção com as cartinhas da Urna da Gratidão, os funcionários também ganharam brindes com a roleta de perguntas e respostas sobre a temática e receberam bolos, como sobremesa especial. O objetivo da CSP foi promover uma simbólica homenagem a todos que disponibilizam o tempo e os seus talentos para ações voluntárias. Ao todo, cerca de 3 mil empregados participaram.

A Sara Andrade, da equipe de Relações com Comunidades da CSP, relata que foi emocionante a programação. “Foi uma ação linda, integrada e cheia de carinho, em forma de pintura, entre as crianças e os voluntários. Os voluntários, funcionários e terceiros recebiam a cartinha e, quando percebiam que tinha sido pintada pelas crianças, logo demonstravam emoção e o sentimento de gratidão”, contou.

Gratidão

A Kelley Oliveira, técnica de Planejamento e Controle de Produção, é integrante dos Voluntários da Alegria. Ela participa de todas as ações, desde o início do programa. “Sendo voluntária, eu posso doar o que eu tenho de mais importante, que é o meu tempo. É muito gratificante poder trazer um pouco mais de alegria aos que mais precisam”, destaca. Para ela, as ações nos restaurantes da empresa são importantes, porque ajudam a divulgar a existência do grupo de voluntários e as ações desenvolvidas.

Com a celebração ao Dia Nacional dos Voluntários, o Giovani Justino, técnico de inspeção de planejamento da Manutenção do Alto-forno, voltou mais leve ao trabalho, emocionado com todas as reflexões sobre o tema. “É muito interessante a iniciativa da empresa em promover essa ajuda humanitária. Quando se pode ajudar, devemos fazê-lo. Esse é um princípio que aprendi desde a infância”, finalizou. (Assessoria de imprensa CSP)