VOTO DO INTERNAUTA

Prêmio AECIPP de Comunicação recebe, até dia 16 de agosto, votação online do público geral

ASCOM AECIPP
Prêmio AECIPP de Comunicação recebe, até dia 16 de agosto, votação online do público geral

Em sua primeira edição, o Prêmio AECIPP de Comunicação conta com a categoria “voto do internauta”, que possibilita a participação popular na escolha do melhor trabalho inscrito pelos comunicadores no concurso. A votação acontece até o dia 16 de agosto de forma online e já contabiliza mais de 80 mil votos. Além dessa modalidade, o Prêmio também tem a análise de uma Comissão Julgadora composta por profissionais de comunicação de instituições como FIEC, Sebrae, UFC, IFCE e o jornalista mais premiado do Nordeste, Demitri Túlio. O resultado será divulgado no dia 26 de agosto pela Associação Associação das Empresas do Complexo Industrial e Portuário do Pecém (AECIPP).

A iniciativa do Fórum de Comunicação da AECIPP tem como objetivo valorizar e reconhecer os profissionais de comunicação com atuação nos municípios de São Gonçalo do Amarante, Paracuru e Caucaia, que contribuem para divulgar e fortalecer o papel do Complexo Industrial e Portuário do Pecém (CIPP) como indutor da economia cearense.

Com temáticas que envolvem desenvolvimento econômico, sustentabilidade, empregabilidade e/ou responsabilidade social, os materiais inscritos podem ser visualizados no site da AECIPP para análise e votação. Confira aqui os conteúdos e faça a sua escolha pelo melhor trabalho: www.aecipp.com.br/pt-br/votacao-popular/lista.

Para o diretor executivo da AECIPP, Ricardo Sabadia, esta é uma das ações realizadas pelo Fórum de Comunicação da entidade que, juntamente com profissionais de comunicação das empresas associadas, busca desenvolver e qualificar cada vez mais os comunicadores da região. “Assim como o Complexo Industrial do Pecém tem desenvolvido a economia da região e do Estado, também queremos que as comunidades em seu entorno se profissionalizem e gerem novos negócios seja na educação, na cultura, na comunicação ou em outros setores”, afirma. (Assessoria de imprensa)