ELEIÇÕES 2022

Eleições 2022: Lula e Bolsonaro vão disputar segundo turno

Os candidatos do Partido dos Trabalhadores (PT) e Partido Liberal (PL) vão disputar a presidência do Brasil em segundo turno. Apuração está 99,51% concluída

Com a apuração de 99,51% das urnas, os candidatos Luis Inácio Lula da Silva e Jair Messias Bolsonaro estão matematicamente confirmados no segundo turno da eleição para presidente da República.

A votação está com os seguintes percentuais (dos votos válidos):

Lula - 48,31%
Jair Bolsonaro - 43,30%
Simone Tebet - 4,17%
Ciro Gomes - 3,05%
Soraya Thronicke - 0,51%
Felipe D'Ávila - 0,47%
Padre Kelmon - 0,07%
Léo Péricles - 0,05%
Sofia Manzano - 0,04%
Vera Lúcia - 0,02% 
Eymael - 0,01%.

Os candidatos Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e Jair Bolsonaro (PL), que lideram as pesquisas de intenção de votos, estão concorrendo para o cargo de presidente do Brasil nas Eleições 2022 para os próximos quatro anos. 

O primeiro turno ocorre neste domingo, 2 de outubro (02/10), e o segundo turno está marcado para acontecer no dia 30 de outubro.

Além de Lula e Bolsonaro, são candidatos ao Palácio do Planalto o ex-governador do Ceará, Ciro Gomes (PDT), Simone Tebet, do MDB; Soraya Thronicke, do União Brasil; Constituinte Eymael (DC); Felipe D’Avila (Novo); Leo Pericles (UP); Padre Kelmon (PTB); e Sofia Manzano (PCB). 

Quer saber mais sobre as eleições de 2022, com conteúdo exclusivo, análise, vídeos e podcasts? VEJA mais sobre o assunto no canal Eleições 2022 do O POVO.
Além de presidente, quais são os cargos disputados nas eleições 2022?

Ao chegar em seus respectivos locais de votação, os eleitores puderam escolher seus candidatos para cinco postos disponíveis: deputado federal, deputado estadual, senador, governador e presidente da República.

Deputado federal

Deputados federais representam o povo brasileiro na esfera nacional. A eles, cabe elaborar leis que possuam abrangência em todo o território do Brasil, além de trabalharem como fiscalizadores de quem estiver atuando como Presidente da República.

Uma de suas atribuições mais notórias é a criação das CPIs, as Comissões Parlamentares de Inquérito, que são formadas por meio de um requerimento feito por, pelo menos, um terço dos parlamentares.

Total de assentos: 513 (proporcional ao número de eleitores de cada estado)Mandato: 4 anos

Deputado estadual

Os deputados estaduais representam a população do estado de seus eleitores. Como integrantes da Assembleia Legislativa, é dever dos deputados zelar pelo corpo das leis estaduais, propondo, revogando, emendando ou alterando a legislação. Uma das suas atribuições é fiscalizar os gastos do governo estadual.
Total de assentos: 1.035 (Brasil), 46 (Ceará)Mandato: 4 anos

Senador

Os senadores têm a função de representar seus estados no Congresso Nacional. Além das funções compartilhadas com os integrantes da Câmara dos Deputados, como legislar e fiscalizar os atos do Poder Executivo, existem funções específicas aos senadores.

Um exemplo dessas funções específicas é a possibilidade de, a partir de determinação feita na Constituição Federal de 1988, que os senadores julguem e processem crimes de responsabilidade perpetrados por presidente, vice-presidente, comandantes das Forças Armadas, ministros do Supremo Tribunal Federal (STF), procurador-geral da República e o advogado-geral da União, entre outros.

Total de assentos: 81 (três por estado).Mandato: 8 anos (eleitos de 4 em 4 anos; são eleitos, alternadamente, um senador e dois senadores a cada 4 anos, renovando a bancada do Senado.)

O governo do estado do Ceará é sediado no Palácio da Abolição, a sede do poder Executivo estadual. Conheça mais sobre as eleições de 2022 e as principais datas até o pleito. Foto: Divulgação / Governo do Estado do Ceará

Governador

O governador ou governadora é o representante do Poder Executivo na esfera estadual. Quem é eleito para o cargo pode escolher seus secretários, que chefiam os diversos departamentos de âmbito administrativo que constroem e viabilizam o funcionamento de uma determinada Unidade da Federação.

Uma das atribuições de um governador que mais aparecem na mídia é a de responsável pela segurança pública do estado; colaboram nessa função as polícias Civil e Militar e o Corpo de Bombeiros de cada unidade federativa.

Total de assentos: 28 (27 estados + Distrito Federal)Mandato: 4 anos

Presidente da República

Quem é eleito para o posto de Presidente da República tem a função primordial de zelar pela unidade da nação, servindo como uma figura, um “símbolo” de representação do povo brasileiro.

Cuidar da integridade nacional, defender a independência, estabelecer um plano de governo claro com diretrizes administrativas, orçamentárias, legislativas entre outras, e guiar a direção diplomática do corpo internacional brasileiro são algumas das atribuições desse cargo.

Uma das funções de um presidente, chefe do Executivo, que se relaciona com os outros poderes, de forma a estruturar um sistema de vigilância mútua, é a nomeação de chefes de ministérios, ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) e do advogado-geral da União. (O Povo - é parceiro de oxereta.com)