CARTÃO CORPORATIVO DE BOLSONARO

Cartão corporativo de Bolsonaro: veja quais os principais gastos do ex-presidente

Informações sobre as despesas dos ex-presidentes entre 2003 e 2022 foram divulgadas ao público nesta quinta

Fabio Rodrigues-Pozzebom/ Agência Brasil
O presidente da República, Jair Bolsonaro,participa de cerimônia de posse dos desembargadores Messod Azulay Neto e Paulo Sérgio Domingues, como ministros do Superior Tribunal de Justiça (STJ).

A Secretaria-Geral da Presidência da República divulgou, nesta quinta-feira, 12, os gastos realizados pelo ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) com o cartão corporativo.

O ex-chefe do Executivo gastou R$ 27,6 milhões durante os quatro anos de mandato, entre 2019 e 2022.

A maior parte dos gastos de Bolsonaro foram com hospedagem. No total, foram R$ 13,6 milhões utilizados no cartão corporativo. Apenas em um hotel, Ferrareto Hottel, em Guarujá (SP), o ex-presidente gastou R$ 1,4 milhão.

O cartão também foi utilizado pelo ex-mandatário para alimentação - totalizando R$ 10,2 milhões. Entre as compras realizadas durante os quatro anos, estão R$ 8.600 gastos em sorveterias, R$ 408 mil em peixarias e R$ 581 mil em padarias.

O gasto total de Bolsonaro foi maior do que os gastos de Lula (PT) durante o primeiro mandato e o de Dilma Rousseff (PT) nos primeiros quatro anos de governo.

As informações foram disponibilizadas após pedido de Lei de Acesso à Informação feita pela agência de dados Fiquem Sabendo e estão disponíveis no site do governo. (O Povo - é parceiro de oxereta.com)